Imagem Blog

Cervejinha

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Da produção aos estilos, tudo que você precisa saber sobre o universo das cervejas especiais, por Carolina Barbosa
Continua após publicidade

Cerveja jamaicana chega ao Rio para enfrentar rótulos especiais

Sucesso ao ser vendida na casa do país na Olimpíada, a Red Stripe terá festa nesta quinta (13) a fim de celebrar sua chegada oficial à cidade

Por Carolina Barbosa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 13 jul 2017, 09h30 - Publicado em 13 jul 2017, 09h30
Red Stripe: cerveja jamaicana e de baixo teor alcoólico chega oficialmente ao Rio (Divulgação/Divulgação)

Durante os Jogos Olímpicos, ela foi vendida na Casa da Jamaica (espécie de quartel-general com atrações diversas do país insular situado no mar do Caribe) e foi um sucesso perante os frequentadores. Depois passou a ser vendida, digamos, timidamente em alguns locais, como o descolado Bar Bukowski, em Botafogo. Agora, anuncia a marca, é oficial, e vai ter até celebração na Zona Sul nesta quinta (13) para cravar: a Red Stripe veio, por intermédio da importadora e distribuidora Casa Flora, para ficar.

Primeira cerveja jamaicana, produzida desde 1928 (inicialmente da família ale/com leveduras que trabalham em temperaturas mais elevadas), o rótulo chegou à sua fórmula final, comercializada até hoje em cerca de 24 países, seis anos depois, quando Paul Geddes, filho de um dos fundadores da cervejaria Desnoes & Geddes e primeiro mestre cervejeiro local desenvolveu sua receita trocando a fermentação para lager. Com sabor levemente caramelado e coloração clara, a bebida apresenta final suave e leve amargor em 4,7% de teor alcoólico. Não por acaso, a embalagem vai disputar mercado com suas semelhantes do mercado de especiais, importadas por outras concorrentes do segmento.

A quem interessar, a garrafinha está à venda em unidades dos supermercados Mundial, Zona Sul e Supermarket, além do próprio Bar Bukowski (Rua Álvaro Ramos, 270, Botafogo), da Mercearia da Praça (Rua Jangadeiros, 28, Ipanema) e do Saloon 79 (Rua Pinheiro Guimarães, 79, Botafogo). Os preços variam entre R$ 12 e R$22, dependendo do ponto.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.