Imagem Blog

Bruno Chateaubriand

Por Bruno Chateaubriand, jornalista Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Continua após publicidade

Chego o mapa astral da Grande Rio, chegou a vez de Caxias

O astrólogo José Maria Gomes Neto revela o mapa da verde e vermelho da baixada, campeã no Carnaval 2022

Por Bruno Chateaubriand Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
18 fev 2023, 15h57

A mais jovem das escolas de samba do grupo especial, a Grande Rio, nasceu à porta do equinócio, no dia 22 de setembro de 1988, quando a Terra chega ao fulcro da balança, ponto de equilíbrio cósmico.  A busca de equidade, equanimidade, igualdade de condições para todos os seres, já cantada em desfiles politizados.” Está no DNA da agremiação de Caxias o sentido de justiça social”, revela o astrólogo José Maria Gomes Neto. Neste dia, o dia e a noite têm a mesma duração em todo planeta, e o ingresso solar no signo de Libra ocorre ao entardecer do auspicioso 22 de setembro de 88. É a voz do Sol da fusão de três antigas escolas que brilha na busca da expressão da qualidade de perfeição da harmonia na força da composição das diferenças, no conjunto da obra, onde a construção do NÓS é muito mais do que soma do EU COM O OUTRO.

Libra é um signo de Ar, o único do Zodíaco que é um objeto inanimado, instrumento de medida, de simetrias e, como a Escola, vibra e exalta o sentido da beleza,de uma nova estética. A agremiação não precisa fazer  esforço algum para chamar atenção.

A Grande Rio desfila pelo caminho do meio entre a tradição da velha guarda e a necessidade de renovação das novas gerações. Com a Lua em Aquário cumpre a profecia: “Os últimos serão os primeiros”, sendo caçula das Escolas do Grupo Especial em 2023, é a Campeã do último carnaval e ainda guarda a vibração desta vitória, na força competitiva do planeta Marte, em Áries, que estava naquela ocasião em sua máxima proximidade da Terra. Há sempre prontidão para vitória. Este é um símbolo de conquista com gosto de coisa nova, renovação de energia, inovação.

A escola nasceu quando Saturno e Urano, juntos, transitavam pelo Centro da Galáxia (26/27 Sagitário), um centro superior, em torno do qual giram todos os sóis da Via Láctea. E os planetas que se encontram nesta posição são portadores de informações e energias não para si, mas se dispõem para os demais, a realizar algo grandioso – magnanimidade – que beneficie mais gente do que só a si mesmo. Expressa como porta voz, as bandeiras das necessidades de um tempo.

Continua após a publicidade

Sagitário compartilha uma visão de mundo que ajuda a construir o mundo e a deixá-lo melhor do que era antes e, junto a Urano, simboliza a ruptura com o que é o velho, decadente, porém lançando um novo olhar ao que é mais antigo e tem tradição, e tem raiz. Aquele ano em que nasceu a Grande Rio foi um ano importante para nossa república.

O astrólogo José Maria Gomes Neto revela o mapa astral da Grande Rio
(Divulgação/Divulgação)

O Norte está em Peixes, trígono com Plutão: há densidade, mergulhos em profundidades que libertam as ondas das superfícies ao trazer à tona o desejo de alegria do inconsciente coletivo.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.