Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Professor de meditação que já foi mestre do ex-governador Sérgio Cabral dá aulas à PM

Um grupo de cerca de 200 policiais, inclusive do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio (Bope), começou a fazer aula de meditação transcendental há poucos dias. Tudo financiado pela David Lynch Foundation, entidade do cineasta americano. “Somos parceiros. A organização tem uma tremenda base científica com veteranos da Guerra do Vietnã”, conta […]

Por Daniela Pessoa Atualizado em 25 fev 2017, 17h44 - Publicado em 28 nov 2015, 00h01
Selmy-Yassuda

Klebér Tani: técnica de meditação para policiais militares (Crédito: Selmy Yassuda)

Um grupo de cerca de 200 policiais, inclusive do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio (Bope), começou a fazer aula de meditação transcendental há poucos dias. Tudo financiado pela David Lynch Foundation, entidade do cineasta americano. “Somos parceiros. A organização tem uma tremenda base científica com veteranos da Guerra do Vietnã”, conta Klebér Tani, diretor da Sociedade Internacional de Meditação Transcendental no Rio, que está coordenando as sessões. “Nenhum exercício físico elimina o stress. É preciso meditar duas vezes por dia, de quinze a vinte minutos. É uma técnica que não tem nada a ver com misticismo”, afirma Tani, que é formado em educação física e já trabalhou com o ex-judoca Flávio Canto. Em sua academia no Leblon, ele chegou a ser procurado pelo ex-governador Sérgio Cabral quando seu nome surgiu em meio às investigações da Operação Lava-Jato (hoje o político anda sumido do estúdio).

LEIA MAIS NA COLUNA BEIRA-MAR DESSA SEMANA

+ Esposa de José Aldo preferia que outra atriz a interpretasse no cinema

+ DJ francês David Guetta cobra cachê de cerca de 1 milhão de reais para tocar em 2016 no Rio

+ Preta Gil tem funcionários dedicados exclusivamente ao bloqueio de seguidores nas redes sociais

+ Giovanni Bianco, diretor criativo de grifes e estrelas como Madonna, comenta polêmicas com Anitta

Continua após a publicidade

Publicidade