Imagem Blog

Barbara Burgos

Por Barbara Burgos, astróloga
Continua após publicidade

Lua Cheia em Áries e o último encontro dos titãs Urano e Saturno

Semana de Lua Cheia em Áries impõe muita iniciativa, assim como o último encontro entre Urano e Saturno leva situações ao limite, mas com data para acabar

Por Barbara Burgos Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 10 out 2022, 11h53 - Publicado em 9 out 2022, 20h45

Falei tanto dessa estória no último ano e meio, mas é fato que os encontros entre Urano e Saturno nunca passam despercebidos na história de humanidade. Urano e Saturno, pai e filho na mitologia, representam princípios antagônicos. Onde Saturno, o filho, representa as estruturas sólidas que se formam com o tempo, sendo ele o Senhor do Tempo em si, quando aflito cobra, reclama, nos atrasa. Já Urano representa o futuro e não tem a menor paciência para passado. É intempestivo, impaciente, profundamente transformador e inovador. O encontro destes dois titãs, vem se dando de forma aflita desde 2020 no céu. Em nenhum encontro no passado deixou de provocar rupturas sociais, levantes populares e muita instabilidade.

Penso que tudo nesta vida, mesmo os xaropes mais amargos, estão à serviço de algo. E, por mais que esta dança atual entre os dois planetas esteja provocando o caos, o auge da desigualdade social (bem típica deste encontro por sinal) e, a nível pessoal, uma muito incômoda sensação de estica e puxa e uma ansiedade imensuráveis, o sentido desta união aflita é provocar a dissolução de sistemas para que um amadurecimento possa se dar mais à frente, de outra forma.

Mudanças que ocorrem agora na velocidade da luz vem para mostrar que estamos em um caminho sem volta em termos tecnológicos e de verdadeiros saltos científicos. Isso é a cara de Urano. Da mesma forma, não há como se provocar uma profunda ruptura na sociedade sem levar em conta o tempo que Saturno pede para se estabelecer bases, o que é a cara dele.

Caso esta quadratura esteja mexendo com planetas importantes para você, como Sol, Lua, Vênus, Marte, o desconforto interno é inegável, a vontade de chutar o balde também. E isso só faz com que o barulho do mundo, já que o trânsito é planetário, amplifique a sua dor. Muitas vezes o emocional grita, noutras o físico sente que há um órgão em crise. Seja como for, o medo é coisa de Saturno e é nele que não quero que você vibre. O medo nos impede de dar chances a coisas importantes e turva a nossa visão, nos deixando míopes e prisioneiros de um modo de ser que não cabe mais. Que precisa amadurecer. E se acharem que estou aqui falando de satanismo ou canibalismo, aviso que não estou aqui à toa e que esta navegadora das estrelas enxerga à frente desta cortina de fumaça.

Mas tenho duas notícias para você: O último encontro exato entre Urano e Saturno se dá agora, em Outubro. Daí em diante irão se afastar por longos anos. Isto significa que a sua dor tem data marcada para arrefecer.

Continua após a publicidade

A outra notícia é que quem manda nesta semana é Áries, o quente, seco e ativo guerreiro. E também a sua oportunidade de fazer por onde.

A Lua encheu ontem, domingo, no signo regido por Marte, o deus da guerra.

Áries é o signo onde a semente se prepara para a explosão do germinar, aquele ponto perfeito da combustão, o termômetro a 42 graus em dia de verão. Empreendedor, veloz, impulsivo e por vezes bélico, é dele a força dos inícios e da atividade desenfreada.

O mapa da Lua Cheia recebe um Grande Trígono, um triângulo de planetas no elemento ar, o Sol em Libra, Saturno em Aquário e Marte, regente da Lua Cheia, no signo de Gêmeos. Grandes trígonos predispõe ao equilíbrio dentro do elemento em que se encontram. E no signo de ar, falamos das coisas intangíveis, tais como as palavras que propagamos e o conhecimento. Ótimo para transações e interações que precisam de Áries para dar aquele start. É uma receita muito interessante se você focar em leva-la para o lado produtivo. Do contrário, pode tornar suas conversas bastante bélicas, mais do mesmo do que temos visto por aí. Como o meu papel é evitar que você caia em armadilhas, faça da sua segunda-feira um dia pró-ativo, mesmo que isso pra você signifique começar a se exercitar (o que é a cara de Marte), escrever, interagir positivamente com o ambiente. Mercúrio ingressa em Libra hoje e nesse signo ele atua justamente pelo equilíbrio, onde você não precisa perder para eu ganhar, onde nós, de comum acordo, cedemos em algo para se chegar a um bem comum. É a temperança, o meio do caminho.

Continua após a publicidade

A Lua já em Touro, que é muito mais mão na massa do que Áries, nos recebe na terça-feira, quando o Sol Libriano faz aspecto exato a Saturno, colocando o nosso pé onde deve estar: no chão. Ao contrário de Saturno aflito, que como falei no início, nos puxa para o passado, nos cobra, nos limita e causa medo, em bom aspecto ele nos dá base, solidez e muito respaldo. Tudo isso vai ser muito importante para a construção do que você quer, e do que já ficou óbvio que você quer por estarmos em Lua Cheia, porque a quarta-feira vai ser desafiadora.

Feriado no Brasil mas, em um mundo de trabalho remoto, ativo, a quarta-feira poderia ser batizada de o dia internacional da boataria, com Marte em Gêmeos (a fala, a comunicação) em aspecto aflito a Netuno, que só não é mais enganoso e enfraquecido do que promessa de campanha. Este também é o dia em que a Lua ativa o aspecto entre Urano e Saturno, logo, fique bem longe de intriga para não sobrar para quem não deve: você. Tenta relaxar, se desliga das redes e vai curtir uma certa preguiça Netuniana porque você faz bem.

Quinta temos bons aspectos entre a Lua em Gêmeos a Júpiter e Mercúrio, aqui ajudando nos entendimentos, no aprofundamento das iniciativas e na nossa própria disposição, que estará melhor.

E por fim na sexta esta mesma Lua ativa positivamente uma sequência de planetas, Saturno, Vênus, Vênus com Saturno e o Sol, provando ser um dia prático, ativo e de protagonismo. Agarre a oportunidade e não perca o bonde.

Continua após a publicidade

Um beijo e até semana que vem.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.