Mais de 4 mil estudantes estão sem aulas por causa da violência

Também há escolas e creches fechadas em outras comunidades da cidade

As seis escolas municipais, duas creches e o Espaço de Desenvolvimento Infantil da Rocinha não abriram mais uma vez nesta terça (26). Segundo a Secretaria Municipal de Educação, 4,2 mil estudantes estão sem aulas por causa da proximidade das escolas com situações de risco, mais de 3 mil deles na Rocinha.

A Rocinha recebe operações policiais desde segunda-feira da semana passada, após o confronto entre grupos criminosos ter desencadeado tiroteios no dia 17 de setembro. Desde a última sexta (22), as Forças Armadas atuam no entorno da comunidade.

Desde o início dos confrontos na comunidade, as oito escolas públicas da Rocinha só abriram na quarta-feira da semana passada. Colégios particulares localizados nas proximidades, como o Colégio Teresiano e a Escola Parque, também suspenderam as aulas.

Também há escolas e creches fechadas em outras comunidades do Rio de Janeiro. No Vidigal, uma escola foi fechada e, no Borel, dois Espaços de Desenvolvimento Infantil não abriram hoje.

No Juramento, onde policiais do 41º Batalhão realizam uma operação contra o roubo de cargas, uma creche foi fechada, assim como na Mineira e no Morro do Urubu.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s