Doadores de sangue passarão a receber SMS quando salvarem vidas

Sistema de alertas é inspirada em iniciativas implantadas em Reino Unido e Suécia

 (Donato de Almeida/Divulgação)

Fornecer o número do telefone ao Hemorio no momento da doação vai ganhar um significado especial a partir de dezembro. Uma iniciativa do instituto em parceria com a Associação Pró-Vita vai permitir a quem doa saber o exato momento em que seu sangue estiver ajudando a salvar uma vida, por meio de uma mensagem SMS.

A novidade se tornará possível graças a um sistema informatizado. No momento em que o sangue do doador for aproveitado, ele receberá a seguinte mensagem: “Seu sangue está salvando alguém agora mesmo! Pró-Vita e Hemorio informam: o sangue que vc doou acabou de ser utilizado. Parabéns! Saiba mais: provita.org.br/sms”. Os principais objetivos da iniciativa são aumentar o estoque que abastece os hospitais do Rio e divulgar aos cariocas a importância de ser doador.

O sistema de alertas é inspirado em iniciativas semelhantes implantadas em países como Reino Unido e Suécia. “A experiência no exterior indica um aumento de 30% na quantidade de doadores de sangue no ano”, afirma Ottmar Saffier, presidente da Associação Pró-Vita.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Caridade com publicidade não é caridade e sim vaidade.