Continua após publicidade

Tadinho do Zé! Pinguim que virou “pet do Arpoador” morre após comer baiacu

Animal que havia conquistado banhistas da região foi visto morto na última quarta (28). Antes, ele foi flagrado capturando peixe venenoso

Por Redação VEJA RIO Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 30 jun 2023, 13h44 - Publicado em 30 jun 2023, 13h44

Morador da Praia do Arpoador há quase uma semana, um pinguim vinha fazendo sucesso entre os banhistas locais e chegou a ganhar um apelido carinhoso: . A jornada do simpático animal, no entanto, teve um triste desfecho na última quarta (28). O pinguim morreu após engolir um pequeno baiacu, considerado o peixe mais venenoso do mundo.

+ Como a Inteligência Artificial pode ajudar o Rio a prever chuvas fortes

Os registros do animal sem vida foram feitos por Nathan Lagares e André Cecília, do Instituto Mar Urbano. Antes disso, o biólogo Ricardo Gomes, da mesma organização, havia filmado o bichinho capturando o peixe.

View this post on Instagram

A post shared by Instituto Mar Urbano (@institutomarurbano)

Continua após a publicidade

Após filmar o pinguim, o biólogo foi embora para casa e, logo em seguida, recebeu uma ligação de um colega avisando com pesar a morte do animal. “Tentaram fazer massagem para tirar o baiacu da goela do pinguim mas, quando viram, já tinha morrido”, contou Ricardo ao jornal O Globo.

Compartilhe essa matéria via:
Foto mostra pinguim comendo baiacu
Zé, um pinguim: espécie que veio da região da Argentina não está acostumada com o baiacu (Nathan Lagares/Mar Urbano/Reprodução)

Zé era da espécie pinguim-de-magalhães, também conhecido como naufragado, comum na região da Argentina. Por não estar acostumado com o baiacu e as opções alimentares das águas cariocas, o pinguim não conseguiu perceber que o peixe era venenoso e acabou ingerindo-o. O peixe acabou se tornando também uma presa fácil por não conhecer a espécie de pinguim estrangeira.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.