Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Vídeo: baleia jubarte aparece morta em São Conrado e comove banhistas

Fêmea e com cerca de dois anos, ela encalhou à beira d'água, perto da Avenida Niemeyer, e estava em rota de migração para o litoral da Bahia

Por Da Redação Atualizado em 20 ago 2021, 10h34 - Publicado em 18 ago 2021, 12h39

Foi um amanhecer triste na Praia de São Conrado. Uma baleia jubarte de cerca de 8 metros foi encontrada encalhada na areia, perto da descida da Avenida Niemeyer. Ainda não se sabe o que causou a morte do animal, o que só será possível afirmar depois de uma autópsia. “Vamos fazer exames, mas que dá para dizer é que ela já estava morta quando encalhou”, disse a VEJA RIO o biólogo Rafael Carvalho, do Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores da Uerj.

baleia morta
Material é recolhido para fazer exames e detectar a causa da morte da baleia, fêmea e com cerca de dois anos Caio Filho/Reprodução

Rafael lembra que a jubarte é uma espécie migratória e, nesta época do ano – entre julho e novembro -, costuma se deslocar das águas gélidas da Antártida para a costa brasileira, onde se reproduz. O maior “berçário” dessas baleias fica em Abrolhos, no litoral sul da Bahia e, no caminho desta longa viagem, algumas acabam morrendo.

Já com data de despedida na Globo, Marcos Mion ‘felizão’ vira meme

A que apareceu encalhada em São Conrado é uma fêmea, de cerca de dois anos. A presença do animal morto à beira d’água causou comoção entre banhistas e frequentadores da praia, que cercaram o bicho para fazer fotos. A Guarda Municipal precisou criar um cordão de isolamento para que biólogos e uma equipe da Comlurb pudessem trabalhar na coleta de material e na remoção da carcaça. Ela está sendo cortada em pedaços, que serão levados para um centro de tratamento de resíduos. Veja o vídeo feito no início da manhã:

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

 

Continua após a publicidade

Publicidade