Clique e assine por apenas 4,90/mês

UFRJ garante que terreno do Canecão será Centro Cultural

Reitor Roberto Leher afirma que novo espaço será preparado para receber artistas consagrados e novos nomes

Por Redação VEJA RIO - 18 jul 2018, 16h34

Após ficar fechado durante anos, o espaço onde antes funcionava o Canecão parece ter seu futuro definido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), dona do terreno. De acordo com o reitor da universidade, Roberto Leher, a empresa que ganhar a licitação e receber a concessão de uso da área terá que construir no local um centro cultural, com destaque para shows de música, resgatando o antigo espírito do Canecão.

Leher explica que o conceito da casa será de palco aberto tanto a artistas consagrados como a novos nomes, mas antes das apresentações começarem a acontecer, o prédio precisará ser demolido. A obra deve custar menos de R$ 50 milhões.

Publicidade