Clique e assine por apenas 7,90/mês

Uerj anuncia fim de greve após 3 meses e meio

Após decisão em assembleia na última quarta (17), aulas serão retomadas na segunda (22)

Por Redação Veja Rio - 18 jan 2018, 18h18
Rio de Janeiro – Campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) apresenta sinais de deterioração, acúmulo de lixo e falta de verba pra instalação de equipamentos (Tânia Rêgo/Agência Brasil) Tânia Rêgo/Agência Brasil

O corpo docente da Uerj decidiu encerrar a greve iniciada no último dia 3 de outubro. A decisão foi fruto de uma assembleia realizada na última quarta (17). As aulas serão retomadas na próxima segunda (22).

A associação de professores da universidade informou que a maioria dos 350 docentes presentes na reunião votou pelo fim da paralisação. Com a medida, os alunos voltarão a ter as aulas correspondentes ao primeiro semestre de 2017.

Em 2017, o valor devido pelos cofres estaduais à Uerj beirava a R$ 350 milhões. A opção do governador Luiz Fernando Pezão foi priorizar a folha de pagamento da segurança e da educação, em detrimento da área de ciência e tecnologia – na qual está alocada a universidade. Os problemas de caixa da Uerj começaram em 2015, quando interrupções no repasse de verbas pelo governo do estado causaram o atraso no pagamento de servidores terceirizados.

Publicidade