Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Treinos para perda de peso e atividades ao ar livre viram tendência

Na pandemia, mercado fitness se reinventou com prática de atividades físicas dentro de casa

Por Renata Magalhães Atualizado em 15 jan 2021, 10h09 - Publicado em 15 jan 2021, 06h00

Com o fechamento das academias durante o período de isolamento social, o mercado fitness foi obrigado a encontrar maneiras inovadoras para a prática de atividades físicas dentro de casa.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Não à toa, na lista de tendências apontadas pela American College of Sports Medicine para 2021, o treinamento on-line subiu da 26ª posição para o topo da lista.

+ Carlos Saldanha lança série na Netflix: “Cinema requer paciência”

“Fomos desafiados a reestruturar nossos serviços e o foco em novos sistemas digitais se tornou prioridade. O que vamos ver agora são várias atividades migrando para o universo digital”, explica Dudu Netto, diretor técnico da rede Bodytech.

Continua após a publicidade

+ Mostra no CCBB revisita obra da japonesa ChiharuShiota

O BT Fit, aplicativo da rede de academias, registrou um aumento de 112% no número de downloads desde março e agora conta com aulas que vão muito além da clássica localizada, como danças, lutas e ciclismo indoor — já há até empresas especializadas no aluguel da bicicleta.

+ Shopping na Barra se transforma em Parque de Dinossauros drive-in

A publicação americana ainda incluiu entre os prováveis destaques do próximo ano os treinos para perda de peso e as atividades ao ar livre — bem-vindos efeitos colaterais da pandemia.

+ Chá azul faz sucesso entre as mulheres

+ Buscas por mindfulness e meditação batem recorde no Google

Continua após a publicidade
Publicidade