Clique e assine por apenas 4,90/mês

Torcedor protesta com camisa verde e amarela: saúde 0

A mensagem do carioca condiz com pesquisa feita pelo Conselho Federal de Medicina que mostra que a maioria dos brasileiros considera o serviço ruim no país

Por Redação VEJA RIO - 2 jul 2018, 17h09

Um torcedor carioca fez um protesto silencioso, mas vistoso, no jogo do Brasil contra a Sérvia, na última quarta (27). Vestido com uma camisa verde e amarela, como a da seleção, ele trocou seu nome nas costas pela mensagem: saúde 0, conforme noticiou a jornalista Lu Lacerda em seu site. Segundo a colunista, uma pesquisa feita pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), divulgada recentemente, aponta que 89% da população classifica os serviços de saúde no Brasil – públicos e privados – como péssimos, ruins ou regulares. A avaliação foi feita por 94% dos contratantes de plano de saúde e por 87% dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Publicidade