Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Prepare o bolso: tarifa do Metrô Rio pode passar de 5 reais para 6,30

Concessionária alega ter perdido 55% dos passageiros desde o início da pandemia do coronavírus

Por Da Redação 9 mar 2021, 15h00

A passagem unitária do metrô, que hoje sai a 5 reais, pode sofrer um reajuste de quase 26% em abril. Se isso acontecer, ela passará a custar 6,30. O aumento já foi autorizado pela Agetransp, a agência que regula o setor, mas o governo do estado quer negociar uma correção menor com a concessionária.

Covid: com restrições, Rio tem queda de 50% de movimento nas ruas

Em crise financeira, o Metrô Rio calcula ter perdido 55% de seus passageiros por causa do isolamento causado pela pandemia, e diz que precisará de subsídios caso o governo resolva aplicar um reajuste menor que os 26% previstos em contrato. O aumento, anual, é baseado no Índice-Geral de Preços do Mercado, que foi de 25,71%, entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021.

Coronavírus: Fabio Porchat se isola após testes com resultados diferentes

Em nota, a Secretaria estadual de Transportes confirma que já conversa com a com a concessionária e se diz disposta a ajudar, sem no entanto, entrar em detalhes sobre como seria essa ajuda. “Além de um valor mais adequado ao cenário, em virtude da pandemia, o objetivo dessa negociação é garantir o equilíbrio econômico-financeiro do contrato”.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

 

Continua após a publicidade
Publicidade