Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Agora é lei: Rio terá série de ações de combate à intolerância religiosa

Lei foi sancionada pelo governador na última sexta (11), estabelecendo a criação do Abril Verde

Por Luiza Maia 14 jun 2021, 15h42

A partir do ano que vem, o mês de abril no Rio terá uma série de ações de combate e conscientização sobre a intolerância religiosa. É o que institui uma lei sancionada pelo governador Cláudio Castro na última sexta (11). 

+ Dia Mundial do Doador de Sangue: Rio lança campanha para aumentar coletas

Além de ações educativas, durante o Abril Verde, órgão administrativos do estado vão iluminar seus prédios com a cor verde.

A rede estadual de ensino poderá realizar atividades em sala de aula sobre o tema, assim como concessionárias de transporte público poderão promover campanhas de conscientização.

A medida também garante a inviolabilidade da livre manifestação e exercício das doutrinas religiosas, a proteção dos locais de culto e de suas liturgias.

+ Registros de crimes de discriminação racial e religiosa crescem no Rio

“Um dos caminhos para combater a intolerância religiosa é a via da educação, da conscientização. Além disso, o Estado deve se comprometer a realizar campanhas que alertem para o problema e prevenir manifestações de ódio, racismo e desrespeito”, justificou a deputada Renata Souza (PSOL), autora do projeto ao lado dos deputados Flávio Serafini (PSOL), Eliomar Coelho (PSOL) e Waldeck Carneiro (PT).

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade