Clique e assine por apenas 4,90/mês

Rio de Janeiro tem os combustíveis mais caros do Sudeste

São Paulo, por sua vez, registrou os menores preços de toda a região

Por Redação VEJA RIO - 26 jul 2018, 14h52

Segundo o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), os cariocas foram os que pagaram mais caro pelos combustíveis na região Sudeste, no último mês. Destaque para a gasolina, que custou R$ 4,99, valor superior à média nacional (R$ 4,61). O diesel S-10 ficou em R$ 3,39, o diesel em R$ 3,54 e o GNV saiu por R$ 2,69.

Já o Espírito Santo foi o estado que pagou mais caro pelo etanol no Sudeste, R$ 3,69, valor que não fica muito distante da média nacional de junho, R$ 3,60. Em Minas Gerais, o preço médio do litro da gasolina foi de R$ 4,90, e do etanol R$ 3,14.

São Paulo segue com os menores preços de toda a região Sudeste. Os valores cobrados nas bombas paulistas ficaram abaixo da média nacional. O destaque é para o etanol, o segundo mais barato de todo o país, por R$ 2,79 – enquanto isso, a média nacional foi de R$ 3,60.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis, levantados com base nos valores cobrados em 18 000 postos credenciados da Ticket Log em todo o Brasil. Confira abaixo a tabela para consulta do preço de cada combustível nos estados do Sudeste:

Publicidade