Clique e assine por apenas 7,90/mês

Procon fiscaliza camarotes da Sapucaí e encontra irregularidades

Três foram notificados depois que órgão encontrou, entre outras falhas, alimentos vencidos e sem identificação de validade

Por Redação VEJA RIO - 1 mar 2017, 19h22

Na madrugada de terça (28), último dia de desfiles do grupo especial, o Procon Carioca realizou uma operação nos camarotes da Marquês de Sapucaí e encontrou irregularidades em três deles. A situação mais grave foi no camarote King, onde os fiscais encontraram cinco quilos de alimentos já vencidos (alho descascado e salmão), além de frios e frango desfiado armazenados sem identificação da data de validade. No Camarote Rio os agentes descartaram cinco quilos de alimentos sem identificação de validade, como picadinho de carne, molho de quatro queijos e pato desfiado. Já no “Carna Uol” não havia sinalização obrigatória de saída de emergência e a lotação máxima permitida. Os responsáveis pelo espaço também não forneceram alvará transitório e certificado do Corpo de Bombeiros. A operação fez parte da campanha do órgão para o Carnaval, batizada de “Exija seus direitos na folia”.

Publicidade