Clique e assine por apenas 4,90/mês

Presos podem passar a encomendar comida de fora dos presídios

Projeto de lei prevê que refeições sejam adquiridas fora do sistema prisional do estado. Dinheiro gasto com alimentação deverá retornar aos cofres

Por Redação VEJA RIO - 26 abr 2018, 16h39

Nesta quarta (25), o deputado Dionísio Lins (PP) deu entrada em um Projeto de Lei que visa permitir que presos do estado do Rio possam encomendar refeições fora do sistema prisional. De acordo com o projeto, o intuito é que o dinheiro gasto com a alimentação dos internos retorne aos cofres do estado.

Segundo a assessoria de Dionísio, a economia irá contribuir para o regime de recuperação fiscal, já que a Defensoria Pública afirma que, no ano passado, cada preso do Rio custava ao estado cerca de R$ 1.815,88 por mês.

Publicidade