Continua após publicidade

Preços dos presentes de Dia dos Pais podem variar mais de 150%

Pesquisa do Procon Carioca em seis grandes plataformas de venda aponta grande diferença entre valores de produtos como livro, fone de ouvido e cafeteira

Por Redação VEJA RIO Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 8 ago 2022, 15h15 - Publicado em 8 ago 2022, 15h13

Às vésperas do Dia dos Pais, celebrado no próximo domingo (14), o Procon Carioca fez uma pesquisa em seis sites de grandes lojas Amazon, Americanas, Casas Bahia, Magazine Luiza, Mercado Livre e Shoptime para verificar o preço de 30 produtos mais buscados para presentear. O resultado: as diferenças de preços dos mesmos itens chegaram a 160%.

+ Light, Claro e Tim são os campeões de reclamações no Procon do Rio

A maior variação encontrada por fiscais foi do livro de não ficção O Homem Mais Rico da Babilônia, de George Samuel Clason. A obra foi encontrada por valores entre R$ 10,90 e R$ 28,34 nas plataformas. A segunda maior foi vista no Fone Bluetooth 5.0 QCY T1C, de 158,31%, com valores oscilando de R$ 89,00 a R$ 229,90.

Outra diferença de preços que chamou a atenção foi da Cafeteira Expresso Nescafé Dolce Gusto Genio S Plus DGS2 Arno 110V. Com preços entre R$ 580,00  a R$ 1.150,52, o produto teve uma variação de 98,37%.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

Já o item com menor diferença foi o Echo Dot 4ª Geração com relógio e Alexa (assistente virtual). O dispositivo eletrônico controlado por voz teve 7,65% de variação entre o menor (R$ 464,36) e o maior preço (R$ 499,90).

Devido às oscilações dos valores, o Procon recomenda que os usuários pesquisem bem o produto desejado antes de realizarem uma compra no meio virtual. Além disso, o consumidor deve ficar atento ao prazo de entrega e sempre conferir o estado do produto recebido.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

“Antes de concluir a compra, o consumidor deve se informar se a loja aceita trocas e verificar as condições para realizá-la. Essa informação é muito importante, pois as lojas não são obrigadas a trocar produtos sem defeito, simplesmente porque não agradou ou o tamanho não serviu “, ressalta o diretor executivo do órgão, Igor Costa.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.