Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Sujou: de 24 pontos de praias do Rio analisados, 19 estão impróprios

Segundo a prefeitura, que voltou a divulgar boletins, areias de Leme, Leblon e Arpoador não passaram no teste; já São Conrado e Flamengo, sim

Por Da Redação 20 Maio 2022, 12h58

No primeiro boletim de avaliação da qualidade das areias das praias do Rio divulgado pela Secretaria municipal de Meio Ambiente, que interrompeu o serviço por três anos, imperam notas baixas. Dos 24 pontos analisados, 19 são considerados impróprios. Entre eles estão Leme, Leblon e Arpoador. Já entre as que passaram no teste, estão São Conrado (altura do Hotel Nacional), Flamengo e Ipanema (altura da Maria Quitéria) com classificação ótima. São Conrado (na altura do Asa Delta), ganhou classificação boa, e a Moreninha, em Paquetá, foi considerada regular.

+ Os seguidores da pirralha: Greta Thunberg faz escola no Rio

De acordo com a secretaria, as avaliações medem a quantidade de números de coliformes fecais por 100mg. Acima de 20 mil coliformes, a areia recebe classificação “ruim” ou “não recomendada”, e a orientação é que se evite contato direto com ela. A poluição nestes casos está associada, principalmente, à ausência de recolhimento de fezes de cães e ao descarte de alimentos. As análises vão se repetir a cada 15 dias, e são uma parceria com a concessionária Águas do Rio, que viabilizou a retomada dos estudos.

+ llha da Gigoia atrai com ótima gastronomia e jeito de vilarejo praiano

“A informação pública é a melhor maneira de conscientizar a população. Os dados levantados revelam que a presença de animais e o descarte inadequado de alimentos tornam as praias, que poderiam ter situações sanitárias razoáveis, em não-recomendadas. As pessoas devem ter cautela, nestes casos, e sempre usar canga, toalha, cadeiras, para evitar o contato direto com a areia“, disse ao G1 o secretário municipal de Meio Ambiente, Lucas Padilha. A prefeitura do Rio informou que 589 garis atuam na limpeza das praias, em 56 quilômetros da orla da cidade, em até três turnos de trabalho, sendo o último deles durante a noite/madrugada, garantindo que a praia amanheça limpa no dia seguinte para os banhistas.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Confira a lista das praias analisadas e suas classificações:

Praias ótimas e liberadas para o banho

Flamengo
São Conrado / Hotel Nacional
Ipanema / Maria Quitéria
Praias boas e liberadas para o banho

Continua após a publicidade

São Conrado / Asa Delta

Praias regulares

Moreninha (Ilha de Paquetá)

Praias ruins ou impróprias

Imbuca (Ilha de Paquetá)
José Bonifácio (Ilha de Paquetá)
PB Bica (Ilha do Governador)
PE Engenhoca (Ilha do Governador)
Guanabara (Ilha do Governador)
PR Ramos
Botafogo
Urca
Piscinão de Ramos
Praia Vermelha
Leme imprópria
Copacabana / República do Peru
Copacabana / Barão de Ipanema
Copacabana / Souza Lima
Diabo
Arpoador
Ipanema / Paul Redfern
Leblon / Bartolomeu Mitre
Leblon / Visconde de Albuquerque

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)