Clique e assine por apenas 3,90/mês

Polícia investiga possível segunda vítima de estupro coletivo

Um dos menores que participou do crime está foragido, outros dois devem se entregar

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 12 Maio 2017, 17h36 - Publicado em 12 Maio 2017, 16h54

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de uma segunda vítima no caso do estupro coletivo à menina de 12 anos, em Mesquita, na Baixada Fluminense. Segundo a delegada Juliana Emerique, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) um novo inquérito foi instaurado para investigar tal fato. Um dos quatro menores que participaram do crime já foi preso, outros dois são aguardados para se apresentar e um está foragido.

Publicidade