Clique e assine por apenas 4,90/mês

Polícia Civil do Rio investiga morte de sargento do Exército

Bruno Albuquerque Cazuca, de 35 anos, foi encontrado por policiais militares do 40º Batalhão, na Estrada Rio-São Paulo, na altura de Campo Grande

Por Agência Brasil - 20 fev 2018, 13h04

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um inquérito para investigar as circunstâncias da morte de um sargento do Exército na manhã desta terça (20), na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

As informações também foram divulgadas na manhã de hoje, pela assessoria de imprensa da corporação.

Bruno Albuquerque Cazuca, de 35 anos, foi encontrado por policiais militares do 40º Batalhão, na Estrada Rio-São Paulo, na altura de Campo Grande. Ele foi morto a tiros.

Informações preliminares apuradas pela Polícia Civil apontam que a vítima foi morta após reagir a um assalto. Policiais fazem perícia no local para esclarecer o crime.

Em nota, o Comando Militar do Leste lamentou a morte do sargento, que estava à paisana e se deslocava de casa para o trabalho, em seu carro particular. Os militares estão prestando apoio à família da vítima, de acordo com o texto.

Segundo o Exército, o crime foi provocado por um arrastão realizado por quatro pessoas, no trecho da Estrada Rio-São Paulo que é próximo à Avenida Brasil.

Continua após a publicidade
Publicidade