Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Estoques em baixa: saiba onde doar sangue no Rio – e os pré-requisitos

Com a diminuição no número de voluntários devido à pandemia, os bancos têm se mobilizado para manter o volume em dia

Por Luiza Maia Atualizado em 19 mar 2021, 15h22 - Publicado em 19 mar 2021, 14h24

Mesmo com todos os esforços e as campanhas para atrair novos voluntários, os bancos de sangue agravam desde o começo da pandemia um cenário alarmante. Segundo os dados do sistema DataSUS, entre janeiro e novembro de 2020 o Brasil realizou 2 656 660 coletas de sangue, um percentual quase 10% abaixo do que no mesmo período de 2019. 

No Rio, o Serum, que atende a mais de 80 hospitais públicos e privados do estado, registra atualmente um déficit de 45% nos estoques. “Para atender nossa demanda e manter os estoques saudáveis, são necessárias 100 doações por dia. Atualmente não estamos conseguindo chegar nem a 50”, informa Rodrigo Moreira, líder de captação da instituição.

+ Covid-19: Rio anuncia calendário de vacinação para idosos de 70 a 74 anos

Com apenas uma bolsa de sangue, é possível beneficiar quatro pessoas. Para realizar o ato solidário, é necessário seguir os requisitos: apresentar documento oficial com foto, ter entre 16 e 69 anos (desde que a primeira doação seja realizada até os 60), estar em boas condições de saúde e pesar no mínimo 50 quilos. Menores de idade devem levar a autorização dos responsáveis.

Não é necessário estar em jejum, mas o doador deve evitar ingerir alimentos gordurosos três horas antes de doar. Vale lembrar que homens podem doar a cada dois meses, sendo no máximo quatro coletas ao ano. Já as mulheres podem ajudar a cada três meses, em um total de três doações por ano.

+ Mais de 80% das famílias nas favelas dependem de doações para se alimentar

Algumas situações impedem temporariamente a contribuição. Exemplos: uso de bebida alcoólica doze horas antes do ato, realização de uma tatuagem e/ou piercing (é preciso aguardar um ano. No caso de região genital e língua, é necessário remover o objeto de aço ou metal e esperar um ano para se prontificar), endoscopia ou procedimento endoscópico (aguardar 6 meses), extração dentária (após 7 dias), gripe ou resfriado nos últimos 30 dias e febre acima dos 37ªC.

Os voluntários não podem ter tido hepatite após os 10 anos de idade e nem estar expostos a doenças transmissíveis pelo sangue, como sífilis, AIDS, hepatite e doença de chagas. Diabéticos que fazem o uso de insulina e usuários de alguns medicamentos estão impedidos. Mulheres grávidas ou amamentando e usuários de drogas também não podem doar sangue.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Em casos de Covid-19, pacientes já curados da doença podem ser voluntários após 30 dias do desaparecimento dos sintomas, somente em casos em que não desenvolveram sintomas graves, sem precisar de internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Saiba onde é possível fazer sua doação em diferentes pontos do Rio, seguindo todos os protocolos de segurança:

Banco de Sangue Serum 

O instituto inaugurou um novo endereço no Centro para atender doadores em um local mais amplo e moderno. O espaço possui o selo Covid Free de Excelência, concedido pelo IBES – Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde.

Endereço: Av. Marechal Floriano, 99 – Centro
Horários de funcionamento: diariamente, das 7h às 18h, inclusive feriados.
Telefones: (21) 3233-5950 | WhatsApp: (21) 99829-7417
Site: https://www.doesanguedoevida.com.br/banco-de-sangue-serum
Acompanhe as campanhas também no Instagram.

+ Mutirão faz testes grátis de Covid em moradores das comunidades do Centro

Hemorio

O Hemocentro Coordenador integra a hemorrede do estado do Rio, composta por mais três Hemocentros Regionais, três Unidade de Coleta e Transfusão, 20 Núcleos de Hemoterapia, e 63 Agências Transfusionais. O diretor geral do Hemorio, Luiz Amorim, afirma que a unidade é uma referência no controle da Covid-19, aplicando medidas sanitárias rígidas para garantir a segurança dos procedimentos. “Neste momento, tão crítico para nossa cidade, é fundamental contar com o apoio da população para dar continuidade às doações de sangue”, diz. 

Continua após a publicidade

O Hemorio tem capacidade para atender a 120 candidatos no período de cinco horas, com uma previsão de coleta de 80 a 100 bolsas de sangue. 

Endereço: Rua Frei Caneca, 8 – Centro, próximo ao Campo de Santana.
Horários: diariamente de 7h às 18h, inclusive feriados.
Contatos: (21) 2332-8611 / 2332 -8612 / 2332-8613 / 2332-8614
Disque-sangue: 0800-2820708
Site: ww.hemorio.rj.gov.br.

Além disso, o local divulga semanalmente pontos de doação externos. Acompanhe pelo Instragram.

+ Um remédio tarja verde – “Preste mais atenção às trilhas da Rio”

Alguns dos pontos que integram a Hemorrede:

Núcleo de Hemoterapia Zona Sul – Instituto Nacional De Cardiologia

Endereço: Rua das Laranjeiras, 374
Horários: segunda a sexta, de 9h às 14h.
Contatos: (21) 3037-2215/2285-3344. Ramal: 2215

Núcleo de Hemoterapia do Hospital Central da Polícia Militar

Endereço: Rua Estácio de Sá, 20 – Estácio. Próximo à estação de metrô.
Horários: segunda a sexta, das 7h às 11h.
Contato: (21) 2333-7632

+Covid: vacinação reduz em 30% internações de idosos acima de 90 anos

Núcleo de Hemoterapia Do Hospital Universitário Pedro Ernesto

Endereço: Boulevard 28 de Setembro, 77 – Vila Isabel. Próximo ao campus da Uerj.
Horário para Doações: segunda a sexta, das 8h às 14h
Contato: (21) 2868-8000 / 2868-8134

Confira o mapa completo com cada local no site.

Instituto Nacional do Câncer (INCA)

Endereço: Praça da Cruz Vermelha, 23, 2º andar – Centro
Horários: segunda a sexta, das 7h30 às 14h30. Aos sábados, das 8h às 12h.
Contatos: (21) 3207-1021 e (21) 3207-1580.
Site: https://www.inca.gov.br/perguntas-frequentes/onde-doar-sangue-no-inca 

Hematologistas Associados 

Horários: segunda a sexta, 8h às 16h. Aos sábados, das 8h às 12h.
Endereço: Rua Conde de Irajá,183 – Botafogo.
Contato: (21) 2537-7440
Site: http://hematologistas.com.br/doadores/ 

Continua após a publicidade
Publicidade