Continua após publicidade

O valor do lance para assumir a concessão do Parque da Catacumba, na Lagoa

Prefeitura publicou edital e licitará espaço no fim de novembro; empresa vencedora terá que investir no mínimo 2,5 milhões de reais em melhorias em 25 anos

Por Da Redação
1 nov 2022, 18h21

A Prefeitura do Rio publicou nesta segunda (31) o edital de concessão do Parque da Catacumba, na Lagoa. O lance mínimo é de 350 mil reais, e a empresa vencedora será a que oferecer pagar o maior valor inicial para o município. Ela ficará responsável por investimentos em melhorias com valor total de no mínimo 2,5 milhões de reais e fará a gestão do espaço por 25 anos. A licitação está marcada para o dia 30 de novembro. Este é o primeiro de uma série de parques da cidade do Rio que o município estuda revitalizar via concessão. Uma das premissas do contrato é a manutenção do acesso gratuito para a população.

+ Aeroporto de Jacarepaguá inaugura rota com voos diários para São Paulo

Além de gerir o funcionamento do parque, que deve ganhar ainda mais opções de lazer, a empresa vencedora ficará responsável por reformar os equipamentos de turismo e aventura, como arvorismo, escalada e trilhas. Também será instalado novo mobiliário, e as obras de arte expostas ao ar livre serão mantidas.

Segundo o diretor de estruturações de projetos da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPar), Lucas Costa, a ideia do projeto de concessão do parque é estimular a visitação e a preservação de áreas verdes importantes da cidade. “Nós queremos oferecer serviços de qualidade para visitação e lazer com um parceiro que investirá na cidade. A contrapartida do privado pela possibilidade de explorar o local é entregar para o carioca uma área de lazer completa e resgatar pontos turísticos que o próprio morador da cidade não frequenta tanto quanto deveria”, diz ele.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

O vice-prefeito e secretário municipal do Ambiente e Clima, Nilton Caldeira, destaca a manutenção da gratuidade no acesso ao equipamento e os benefícios que a concessão trará na gestão do parque: “A cidade e o carioca só têm a ganhar com a concessão dos parques municipais. O acesso continuará gratuito e novas opções de lazer serão ofertadas, tornando a estrutura mais robusta, o que vai atrair ainda mais visitantes, incluindo turistas, aos nossos espaços integrados à natureza“.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.