Clique e assine por apenas 7,90/mês

Juiz que dirigiu Porshe de Eike é condenado

Sentença determinou oito anos de prisão para Flavio Roberto de Souza, que pode recorrer em liberdade

Por Redação Veja Rio - Atualizado em 7 ago 2017, 20h40 - Publicado em 7 ago 2017, 20h32

O juiz federal Flavio Roberto de Souza foi condenado a oito anos de prisão nesta segunda (07). Em 2015, ele foi flagrado dirigindo um Porshe Cayenne, do empresário Eike Batista, que havia sido apreendido pela Justiça.

A condenação do juiz é assinada por Marcelo Brêtas, da 7a. Vara Federal de Justiça. O réu pode recorrer em liberdade. Além dos oito anos de reclusão, Brêtas determinou a perda do cargo de juiz, da aposentadoria e o pagamento de multa de R$ 25 mil por Flavio.

O escândalo do Porshe resultou no afastamento de Flavio do processo que julgava Eike Batista por manipulação de mercado e uso indevido de informações privilegiadas há dois anos. Além do automóvel já citado, outro carro e um piano do empresário foram localizados no prédio do juiz, na Barra da Tijuca.

Publicidade