Continua após publicidade

Após interdição de prédio, Funarte avalia transferência de acervo

Desde 2009, o órgão fazia alertas sobre problemas estruturais de imóvel que guarda importantes documentos da cultura brasileira

Por Marcela Capobianco
Atualizado em 20 ago 2021, 14h24 - Publicado em 20 ago 2021, 14h22

Desde 2009, a Funarte fazia alertas ao governo federal sobre a precariedade e problemas estruturais do prédio que abriga o seu Centro de Documentação e Pesquisa (Cedoc).

Nada foi feito e, agora, uma medida drástica precisou ser tomada: o edifício localizado no número 50 da Rua São José, no Centro do Rio, foi interditado para garantir a segurança e integridade do acervo.

+ Eduardo Paes: “Nunca tivemos tantos casos de Covid-19 este ano ano”

A portaria foi publicada no Diário Oficial desta quinta (19).

Continua após a publicidade

Com a interdição, a Fundação Nacional das Artes analisa a possibilidade de transferência do seu acervo para outras instalações, Uma das possibilidades é que Museu Casa da Moeda do Brasil, próximo ao Campo de Santana, em espaço seguro e desocupado.

O imóvel da Rua São José não atende mais às qualificações para guardar o acervo com segurança e precisaria de reformas que não podem ser realizadas no local.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

O Cedoc da Funarte é responsável pela organização, preservação, acesso e difusão de seu acervo documental e cumpre a função de preservar e difundir a história e a memória da arte e cultura brasileiras, bem como das políticas públicas desenvolvidas para o teatro, a dança, o circo, a música popular e erudita e as artes visuais.

+ Centenário de Lygia Clark é comemorado em mostra em Botafogo

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.