Continua após publicidade

A homenagem de Ludmilla para Preta Gil, durante desfile de megabloco

Fervo da Lud arrastou milhares de foliões pelo Centro do Rio na manhã de terça (21) e contou com participações especiais

Por Redação VEJA RIO Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 22 fev 2023, 14h27 - Publicado em 22 fev 2023, 14h22

Após brilhar na sua estreia como intérprete na Beija-Flor de Nilópolis, na segunda noite de desfiles do Grupo Especial na Sapucaí, Ludmilla arrastou uma multidão de fãs no Fervo na Lud na manhã de terça (21). O megabloco realizado no Centro foi dedicado a outra cantora conhecida por atrair milhares de foliões no Carnaval: Preta Gil. A artista, que está atualmente em tratamento contra um câncer, precisou cancelar seu tradicional Bloco da Preta neste ano.

+ Pega mijão: mais de 600 foliões já foram multados em 750 reais

“Ela desfila com a gente todo ano, então esse desfile é dedicado à nossa mãe Preta Gil”, disse Ludmilla antes de cantar um dos principais hits da cantora, Sinais de Fogo. Na setlist do bloco, entraram também canções de diferentes artistas e gêneros, além de músicas lançadas ao longo de sua carreira, como as canções do projeto Numanice.

Virada da Sapucaí, mas ainda com muito fôlego e animação, Ludmilla contou com um time de influenciadoras ao seu lado como musas do bloco, como Nicole Bahls, Gabriela Versiani, Aline Riscado e Foquinha, além de Brunna Gonçalves, dançarina e esposa da cantora. Mumuzinho, Daniel Caesar e as rappers Tasha e Tracie também fizeram participações especiais.

Compartilhe essa matéria via:

Outra sensação no bloco foi o influenciador Xurrasco. O jovem de Bangu, que hitou na internet com seus vídeos de dancinhas, curtiu o bloco com o público e mobilizou os foliões.

Com a via lotada, muitos fãs começaram a passar mal devido ao calor. Houve distribuição de água para o público mais perto do palco. Em 2020, o bloco da cantora levou um milhão de pessoas às ruas. Já neste ano, a expectativa era que o bloco atraísse 600 000 foliões. Para reforçar a segurança, os acessos à via por onde o megabloco passou tiveram revistas de policiais com dectectores de metal.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.