Continua após publicidade

Como atua o homem-aranha do crime, que escala prédios para assaltá-los

Criminoso usa toca ninja e vai de varanda em varanda em busca das que estão com porta aberta para invadir e roubar apartamentos em Vila Isabel

Por Da Redação
4 out 2022, 13h31

O homem-aranha do crime voltou a atacar no Rio. Depois de escapar paredes para roubar quatro apartamentos de um prédio na Rua Teodoro da Silva, em Vila Isabel, no dia 16 de setembro, ele esteve na mesma rua para invadir mais dois no último dia 29. Segundo o Portal Grande Tijuca, o mesmo ladrão já teria assaltado pelo menos vinte unidades em edifícios do bairro. Os casos estão registrados na 2ª DP (Vila Isabel), encarregada das investigações.

+ Dia das Crianças é dia de ajudar: onde doar para instituições carentes

Em relato ao Portal Grande Tijuca, um morador que não quis se identificar conta que o ladrão usa uma toca ninja para não ser identificado. Ele acompanhou a ação do criminoso no dia 16 de setembro. “Entre 2h e 3h da manhã, ele se aproveitou de uma casa que está à venda ao lado do prédio em escalando o muro e uma brecha na cerca elétrica, acessou o playground”, relatou o vizinho, acrescentando que o ladrão escalou o prédio pelas varandas frontais, testando quais estavam com as portas abertas. E entrou no imóveis e realizou furtos de objetos de valor enquanto os moradores dormiam. Foram celulares, carteiras, relógios, notebooks, ipads, mochilas e até uma impressora. Ao sair do edifício, ele deixou a toca e uma fronha que usou para carregar objetos. Em alguns casos, usou canivete para cortar a tela de proteção de um dos imóveis. “Existe a possibilidade de o bandido ter cobertura de alguém que fica na rua vigiando enquanto ele faz o assalto”, disse o morador.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

O condomínio onde o criminoso invadiu dois apartamentos no final de setembro está divulgando um comunicado, afixados nos elevadores, orientando os moradores a fecharem suas varandas à noite. Em entrevista ao Globo, o síndico do condomínio, Neilson Campos Souza, contou que o ladrão entrou primeiro no apartamento no primeiro andar: “Ele furtou um apartamento no quarto andar, seguiu em frente e praticou um segundo furto no sexto andar“. O morador que teve o apartamento invadido, no quarto andar, chegou a instalar um sistema de segurança na varanda.

Esse tipo de ação criminosa começou a acontecer nos anos 1980, em todo o país. No Rio, em 1985, o assaltante Dejair Elias de Oliveira foi preso depois que ficou conhecido por escalar prédios em Vila Isabel, Tijuca, Lins e Grajaú, todos na Zona Norte do Rio.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.