Clique e assine por apenas 4,90/mês

Galeão prevê aumento de 5% em relação à última alta temporada

Além de novas rotas e aumento na frequência de voos, Aeroporto Internacional Tom Jobim também passará a receber novas companhias aéreas internacionais

Por Redação VEJA RIO - 21 nov 2017, 17h01

Com estimativa de 5% de aumento no movimento em relação à alta temporada do ano passado, o Aeroporto do Galeão recebeu novas rotas e frequências de voos internacionais para atender a demanda de passageiros brasileiros e estrangeiros. Ao todo, quase 9 milhões de lugares são ofertados pelas companhias aéreas, incluindo as novas linhas que atuarão no terminal para destinos como Europa, Estados Unidos, América do Sul e África.

Além das rotas e frequências, o aeroporto internacional também passará a operar voos de novas companhias aéreas: LOT, da Polônia; Amaszonas, da Bolívia; e SKY, do Chile. A previsão positiva ainda vai além da próxima alta temporada. Segundo a RIOGaleão, uma comparação entre 2017 com as previsões de 2018 mostra que deve haver um crescimento de 8% na oferta de assentos de voos para Europa e Estados Unidos. Já para destinos da América Latina, o aumento previsto é de 3%.

Principal ponto de conexão de turistas estrangeiros para outros destinos dentro do país, o aeroporto também apresentou neste ano aumento dos números de conexões domésticas (12%) e internacionais (15%) em um comparativo com 2016.

Publicidade