Continua após publicidade

Força Nacional chega ao Rio de Janeiro para ampliar segurança nas estradas

São os primeiros 155 agentes e 40 viaturas, que vão aturar em operações em rodovias e portos, sob comando da PRF, contra a entrada de armas e drogas

Por Da Redação
16 out 2023, 14h34

Já estão no Rio os 155 homens e mulheres da Força Nacional – dos 300 prometidos – e 40 viaturas – do total de 80 previstos. É a primeira metade do contingente de agentes convocados para apoiar a segurança do estado. A operação do Ministério da Justiça se dá após pedido de apoio do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, em meio à escalada da violência no estado. A previsão é que a Força Nacional faça operações nas rodovias e portos, sob a liderança da Polícia Rodoviária Federal, com o objetivo de impedir a entrada de armas e drogas. A falta de câmeras para o uniforme dos policiais foi o principal fator que fez o ministério a atuação da Força Nacional a estes locais, afirmou o ministro da Justiça, Flávio Dino, nesta segunda (16).

+ Vulcão na Baixada? Geólogos descartam hipótese após relatos de estrondos

No fim de setembro, Castro requisitou ajuda federal em ações contra criminosos durante a Operação Maré, que está em seu quinto dia de desdobramento. Mas o envio das tropas para operações no entorno das comunidades foi suspenso pelo secretário-executivo da Justiça, Ricardo Cappelli, após questionamentos do Ministério Público Federal (MPF). Como as ações seriam no entorno de comunidades, o MPF queria saber se os trabalhos estariam de acordo com as regras estabelecidas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos e pelo Supremo Tribunal Federal. Entre as medidas, está o uso de câmeras nos uniformes das polícias, com objetivo de reduzir a letalidade policial. A Força Nacional ainda não teve câmeras compradas pelo governo federal. Mas para atuar nas rodovias os agentes não precisariam usar o equipamento, segundo o Ministério da Justiça.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

No domingo (15), Dino postou um vídeo mostrando o comboio da Força Nacional chegando ao Rio. “Parte da Força Nacional chegando ao Rio, para ações planejadas com a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal. A atuação será em áreas de competência federal e medidas derivadas do setor da Inteligência, que também está sendo ampliado. Amanhã estarei no Rio para reuniões. Direções da Força Nacional, da PF e da PRF estarão comigo, assim como secretário-executivo [Ricardo] Cappelli”, escreveu ele.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.