Clique e assine com até 65% de desconto

Estações da Linha 4 do Metrô estão quase prontas

Falta pouco para Jardim de Alah e Antero de Quental, no Leblon, começarem a funcionar

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h25 - Publicado em 22 mar 2016, 20h06

Maior obra de infraestrutura em curso no país, a ligação do metrô entre Ipanema e a Barra da Tijuca deve entrar em operação em poucos meses. Testes operacionais já começaram a ser feitos na estação Antero de Quental, onde os sistemas de ventilação, iluminação e acessibilidade, como escadas rolantes, estão sendo verificados. Os elevadores também estão em montagem. O nível de acesso dos passageiros está praticamente finalizado e, em abril, um painel de azulejos que homenageia os surfistas começa a ser montado. As bilheterias também estão prontas.

+ Rio é a quarta cidade mais engarrafada do mundo

Já na estação Jardim de Alah os trilhos estão sendo instalados, e as plataformas de embarque e desembarque seguem em construção, mas a ventilação definitiva já está implantada, bem como a sala de Comando Geral da estação e as duas subestações de energia. Quando estiver pronta e operando, a Linha 4, que está com 90% das obras concluídas, vai transportar 300 000 pessoas por dia, retirando das ruas cerca de 2 000 veículos por hora/pico.

Publicidade