Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Estação do VLT na Cinelândia poderá se chamar Jornalista Ricardo Boechat

A homenagem ao jornalista, falecido em 11 de fevereiro de 2019, foi aprovada em 2ª discussão. O projeto de lei segue para sanção do prefeito Eduardo Paes

Por Da Redação Atualizado em 29 abr 2021, 12h58 - Publicado em 29 abr 2021, 12h57

Foi aprovada na quarta (28), em 2ª discussão, a mudança do nome da estação Parada Cinelândia do VLT em homenagem ao jornalista Ricardo Boechat. Para ser chamada “Parada Cinelândia – Estação Jornalista Ricardo Boechat (1952/2019)”, o projeto de lei segue para o prefeito Eduardo Paes, que pode sancioná-lo ou vetá-lo.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Autora do texto, a vereadora Teresa Bergher (Cidadania) explica a escolha pelo simbolismo da Praça Cinelândia como um palco histórico de protestos e lutas em prol da democracia e da liberdade, causas que foram abraçadas durante a carreira do jornalista. Boechat, que morreu em 11 de fevereiro de 2019 após a queda de um helicóptero em São Paulo, era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM, tendo passado por diversos veículos como os jornais O Globo, O Dia, e Jornal do Brasil.

+ Paz sem voz não é paz: Marcelo Yuka é homenageado em grafite na Tijuca

“Esta homenagem tem o objetivo de perpetuar na memória dos cariocas os elevados valores éticos de liberdade, de justiça e de igualdade que pautaram toda a a trajetória do grande Ricardo Boechat. O talentoso jornalista nos deixou um legado primoroso de solidariedade e um trabalho incansável em prol de uma sociedade melhor e da liberdade de expressão”, declara Bergher.

Continua após a publicidade
Publicidade