Continua após publicidade

Epidemia de dengue: cidade confirma a segunda morte pela doença em 2024

Em todo o estado já são quatro mortos este ano, quarta vítima é um jovem, morador de Senador Camará, que teve dengue hemorrágica

Por Da Redação
14 fev 2024, 14h09

A prefeitura do Rio confirmou nesta quarta (14) a segunda morte por dengue na cidade em 2024. No mesmo período, o estado do Rio já registrou quatro mortes. A mais recente vítima é um jovem, morador de Senador Camará, na Zona Oeste, que teve dengue hemorrágica. O município vive uma epidemia da doença. No início de fevereiro, o prefeito Eduardo Paes (PSD) decretou estado de emergência em saúde pública.

+ Especialistas em Carnaval criticam transmissão ‘desafinada’ da TV Globo

“Esta segunda morte gera um alerta para as pessoas que tiverem febre, dor no corpo, dor atrás do olho, sintomas de gravidade, como manchas vermelhas na pele, dor abdominal. É preciso procurar uma unidade de saúde para acompanhamento”, disse o secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, acrescentando que uma boa hidratação e o cuidado adequado podem ajudar a evitar novos óbitos. A prefeitura inaugura nesta quarta o 10º polo de atendimento para pacientes com dengue, no Super Centro Carioca de Saúde, em Benfica. Os outros polos ficam em Curicica, Campo Grande, Santa Cruz, Del Castilho, Bangu, Madureira, Complexo do Alemão, Tijuca e Botafogo.

A vacinação contra dengue no Rio começa nos próximos dias em Guaratiba, região de grande incidência da doença, onde o município espera imunizar 40 mil pessoas. “É um momento muito importante porque é uma pesquisa que vai embasar as próximas fases de vacinação para o Brasil todo. A gente vai vacinar o público de 20 a 40 anos“, acrescentou Soranz.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

O estado do Rio de Janeiro registrou 17.544 casos de dengue apenas no mês de janeiro deste ano. O número é 12 vezes maior que o registrado em janeiro do ano passado (1.441). Dos 92 municípios fluminenses, 14 apresentam taxa de incidência acima de 500 casos por 100 mil habitantes. Os destaques são Itatiaia, Cambuci, Resende e Piraí.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.