Continua após publicidade

E ainda é primavera… Com 40,6 graus, Rio registra novo recorde de calor

Foi nesta quinta (17), na estação da Marambaia, mas até sábado (18), quando deve chegar uma frente fria, temperatura pode alcançar 42°C

Por Da Redação
17 nov 2023, 12h29

Um dia após o Rio bater o recorde de calor no ano – os termômetros marcaram 40,6ºC nesta quinta (16), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) -, o carioca está tendo uma sexta (17) de alta temperatura e com possibilidade de ultrapassar a marca da véspera. De acordo com os meteorologistas, sábado (18) deve ser o último dia da onda de calor que tomou conta da cidade. A previsão é de alcançarmos 42°C de temperatura máxima. Mas antes da bonança vem a tempestade: apesar dos termômetros lá em cima, o sábado (18) vai marcar a chegada de uma frente fria. O Inmet aponta que uma massa de ar frio deve chegar e se encontrar com a massa de ar quente que está na região. Esse choque de temperaturas deve trazer o toró.

+ Junta Local leva comida boa, local e justa das feiras ao Mercado São José

No domingo (19), a temperatura cai de forma brusca. A máxima deve ficar em torno dos 30°C, com previsão de chuva de 50 mm. Na segunda (20), a temperatura segue caindo e deve bater os 28°C de máxima.

Veja a previsão para os próximos dias:

Sexta: 24°/40°C
Sábado: 23°/42°C
Domingo: 22°/30°C
Segunda: 22°/28°C
Terça: 21°/31°C

Continua após a publicidade

Apesar do canícula carioca, outra cidade do estado do Rio consegue ser mais quente do que a capital fluminense. O recorde do ano por aqui foi batido recentemente, na última terça (14) por Seropédica, na Baixa Fluminense. Lá, a estação Inmet registrou 41,3°C, o que dá ao município o posto de maior máxima — até agora — de 2023. Num levantamento feito a pedido do jornal O Globo, o Climatempo listou, de 9 a 15 de novembro, onde foram os cinco maiores registros diários de temperatura máxima no estado. Nesse período, Seropédica aparece entre as cidades mais quentes em quatro datas: a mais baixa delas com 38°C e por duas vezes acima dos 40°C. No município, vivem 80.596 pessoas, de acordo com o Censo 2022 do IBGE.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Na cidade do Rio, foram cinco registros no ranking, em três estações diferentes, todas na Zona Oeste. O mais alto foi na Vila Militar no último domingo (12), com 40,4°C. Esse ponto também aparece entre os mais quentes em duas outras datas, uma delas no dia 9, em que foi o ponto mais quente do estado, com 38,7. As outros duas estações são Marambaia e Jacarepaguá.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.