Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Diretor de filme sobre Flordelis: “Enganado e arrependido”

A pastora e deputada federal, hoje apontada como mandante da morte do próprio marido, estrelou um docudrama sobre a própria vida em 2009

Por Da Redação 25 ago 2020, 12h01

Muito antes de ser alçada ao cargo de deputada federal, a pastora Flordelis estrelou um filme sobre a própria vida. No docudrama Flordelis – Basta Uma Palava Para Mudar, a hoje ré na Justiça, apontada como mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, aparece como uma mãe devotada e amorosa de 44 filhos – entre biológicos e adotivos.

+ Flordelis: PSD suspende filiação da deputada

A história de Flordelis chamou a atenção do diretor Marco Antonio Ferraz, que entrou em contato com a pastora após vê-la num programa da Xuxa. Daí, nasceu uma amizade e o filme, lançado em 2009, que conta com atores do quilate de Cauã Reymond, Bruna Marquezine, Deborah Secco e Alinne Moraes, interpretando depoimentos de filhos da pastora.

+ Polícia Civil do Rio faz operação contra roubo e latrocínio

À época, os atores participaram da produção sem receber cachê e alguns deles chegaram a investir dinheiro para que a história da mulher que tirava crianças do tráfico e as adotava fosse mostrada ao grande público.

Flordelis: diretor se arrepende de ter feito o filme Divulgação/Divulgação

+ Ike Cruz: Neymar e Fabio Assunção: virando o jogo

Continua após a publicidade

Hoje, Marco Antonio revela que se arrependeu de ter produzido o longa e que foi enganado por Flordelis. “Estou dilacerado, é como se eu não pudesse confiar em mais ninguém”, diz o diretor, que hoje se dedica a trabalhos na moda.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

O pastor Anderson do Carmo foi executado com mais de 30 tiros em 16 de junho de 2019. Nove pessoas – entre elas cinco filhos de Flordelis – foram presas por envolvimento no crime.

A deputada não foi presa por causa da imunidade parlamentar.

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade