Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Destinos no interior do Rio registram crescimento do turismo no inverno

Levantamento da Associação de Hotéis do Rio em julho mostra o aumento na ocupação hoteleira em municípios como Petrópolis, Valença e Vassouras

Por Luiza Maia 22 jul 2021, 16h38

Com a chegada das férias e as baixas temperaturas no inverno, a procura por destinos mais frios no Rio cresceu no mês de julho. Segundo o levantamento da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), o índice geral da ocupação hoteleira cresceu de 35% em junho para 60,4% no mês seguinte.

+ Carnaval e Réveillon? ‘Teremos’, garante Eduardo Paes

Em municípios como Petrópolis, na Região Serrana, e Conservatória, distrito de Valença, no Vale do Café, a ocupação chegou a 75%. Outras cidades também se destacam no ranking, como Vassouras, também no Vale do Café, com 70%, Itatiaia, em Agulhas Negras, com 55%, Teresópolis e Nova Friburgo, com 50% e 37,5%, respectivamente.

De acordo com a Secretaria estadual de Turismo (Setur), os números reforçam a busca por viagens mais próximas devido às restrições na pandemia, favorecendo os destinos no interior do estado.

+ Viagem de corpo e alma: o turismo de bem-estar ascende no interior no Rio

O clima bem frio também é um fator que colabora para os amantes do inverno: no município de Nova Friburgo, por exemplo, os termômetros marcaram 0ºC na madrugada da última terça (20). Já no Parque do Itatiaia, na região das Agulhas Negras, a temperatura chegou a atingir -9,9°C no início do mês.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

No início de julho, a Setur lançou a campanha Férias RJ através das redes sociais para promover atrações turísticas diferentes municípios do Rio neste período.

“Ações essa são fundamentais para fomentar o turismo no interior e acelerar a retomada do setor. Sempre alinhada com toda a segurança que o momento exige“, diz o presidente Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), Paulo Michel.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade