Clique e assine por apenas 4,90/mês

Crivella nomeia secretário temporário para a Casa Civil

Decisão do Supremo Tribunal Federal suspendeu a decisão do prefeito por suspeita de nepotismo

Por Redação VEJA RIO - 15 fev 2017, 17h04

Marcelo Crivella precisou rever a decisão de manter o filho Marcelo Hodge Crivella como secretário da Casa Civil da administração municipal. Como substituto foi escolhido Ailton Cardoso da Silva, numa decisão publicada no Diário Oficial de quarta (15) retroativa a segunda (13). O prefeito do Rio foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de convencer os ministros sobre a legalidade da nomeação de seu filho. Enquanto os juízes não decidem sobre a questão, Crivella precisou nomear alguém que pudesse responder pelo expediente da pasta. A nomeação do filho de Crivella foi suspensa na quinta (9) numa decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, sob a suspeita de nepotismo.

Publicidade