Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Cristo Redentor terá plataforma de acessibilidade e iluminação ecológica

Monumento completa 90 anos em 2021 e passa por obras de revitalização e modernização

Por Cleo Guimarães 29 dez 2020, 16h51

Quando completar 90 anos, em 2021, o Cristo Redentor entrará numa nova fase: as obras do projeto de revitalização do monumento vão além das melhorias estéticas e estruturais, e incluem modernizações ecologicamente corretas, como um novo sistema de iluminação. Ele será ‘eco-amigável’, com energia sustentável e de baixo consumo, além de oferecer energia limpa para recarga de celulares.

Projeto de Gringo Cardia transforma sala de hospital infantil em oceano

Além da revitalização do monumento, o projeto prevê a implantação de uma plataforma de acessibilidade e a reforma da capela. A previsão é que as obras, bancadas em parte pela Qualicorp, terminem em dezembro de 2021. A empresa de planos de saúde fechou um contrato de patrocínio de 3 300 000 reais.

De Gambito da Rainha a Mandalorian: as séries mais vistas em 2020

A revitalização do Cristo segue as exigências do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e fará uma restauração completa não só do monumento, mas também do espaço onde ele está inserido. A equipe multidisciplinar à frente das obras conta com cerca de 40 profissionais, entre engenheiros estruturais, elétricos, de segurança, geólogos, arquitetos, mestres, técnicos em escaneamento 3D, alpinistas, pedreiros e escultores.

 

Continua após a publicidade
Publicidade