Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Covid-19: Rio segue em ascensão de diagnósticos e mortes

Levando-se em conta apenas as vagas disponibilizadas pela prefeitura nas unidades municipais, há 97% de ocupação nos 288 leitos de UTI

Por Carolina Barbosa 15 dez 2020, 14h22

O estado do Rio registrou dezoito mortes e 768 novos casos do novo coronavírus nesta segunda (14), totalizando 389 893 infectados e 23 740 vidas perdidas desde o início da pandemia, em março. Na rede pública estadual, 81% dos leitos de UTI estão lotados e 255 pacientes aguardam na fila por estas vagas.

+Estudo diz que pandemia fez crescer casos de doenças psicossomáticas

No momento, 81% dos leitos de UTI e 75% das enfermarias exclusivas para Covid-19 da rede estadual estão ocupados. Na capital, que lidera o ranking de mortes e diagnósticos, a preocupação acerca do acolhimento hospitalar é enorme. Por aqui, a taxa de ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19 na rede SUS é de 89% nas UTIs e de 87% nas enfermarias.

Levando-se em conta apenas as vagas disponibilizadas pela prefeitura nas unidades municipais, há 97% de ocupação nos 288 leitos de UTI. A prefeitura afirma que as pessoas que aguardam leitos de UTI estão sendo assistidas em leitos de unidades, com monitores e respiradores.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade