Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Procura-se: prefeitura busca interessados para reabrir Terreirão do Samba

Edital foi publicado nesta segunda (21), no Diário Oficial; prazo é de um mês para enviar propostas de revitalização

Por Luiza Maia Atualizado em 21 jun 2021, 17h33 - Publicado em 21 jun 2021, 15h16

Uma iniciativa divulgada nesta segunda (21) quer retomar de vez o Terreirão do Samba. O chamamento público, lançado pela Prefeitura do Rio, com coordenação da Riotur, quer viabilizar estudos e planos de desenvolvimento cultural, turístico e comercial do local.

+ Sim, a maconha medicinal já é uma realidade no Rio

Será licitada a concessão para gestão do espaço de 13 600 m2 — equivalente a quase dois campos de futebol, criado em fevereiro de 1991 e desde então localizado na Rua Benedito Hipólito, nº 66, no Centro, a poucos metros do Sambódromo da Marquês de Sapucaí.

+ A UFRJ não pode parar: pesquisas resistem frente a falta de recursos

O edital chama interessados, sejam pessoas físicas, profissionais liberais, empresas e organizações sem fins lucrativos, para enviarem propostas inovadoras de revitalização no prazo de um mês. Segundo a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto (Cdurp), o modelo de concessão deverá ser definido até o fim do ano.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Assim que reaberto, a Riotur prevê que, obrigatoriamente, 60% da programação anual do novo Terreirão do Samba será dedicada ao ritmo e suas diferentes vertentes e matrizes. No período de Carnaval, a programação deverá ter o samba como exclusividade.

Continua após a publicidade
Publicidade