Continua após publicidade

Como usar os balanços na decoração para criar ambientes confortáveis

São diversos formatos e materiais para escolher, que oferecem um estilo mais arrojado para o lar

Por Renata Magalhães
Atualizado em 21 Maio 2021, 19h47 - Publicado em 21 Maio 2021, 06h00

Criativa solução para cantinhos aconchegantes, as cadeiras suspensas vêm ganhando protagonismo dentro de casa — e o que não faltam são materiais e formatos para escolher. Há desde modelos artesanais em vime e rattan, que conferem um ar rústico, até outros mais moderninhos, como a versão circular revestida de corda náutica, eleita por Livia Amendola para o projeto do apartamento em Copacabana (foto), reformado em março. “Os novos materiais permitem um design mais arrojado, que combinam perfeitamente com o estilo urban jungle, uma tendência na pandemia”, diz a designer de interiores.

+Ficus lyrata: por que a planta se tornou a nova queridinha da decoração

+Estante de cremalheiras oferece ar despojado e praticidade no home office

Também entusiasta da ideia, o arquiteto Richard de Mattos, do escritório Pílula Arquitetura, ensina: o ideal é instalar o balanço diretamente na estrutura da edificação. Em caso de tetos rebaixados, ele frisa, deve-se fazer um rasgo circular no gesso e revestir suas laterais com anel de ferro ou PVC. Depois, é só relaxar e aproveitar o vem e vai.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.