Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Antigo Clube Ginástico Português vai ser transformado em centro cultural

Reforma do prédio da Avenida Graça Aranha, comprado pelo Sesc em 2019, inclui revitalização da piscina, cinema ao ar livre e até clínicas

Por Marcela Capobianco 28 jul 2021, 11h58

Em sintonia com o projeto da prefeitura de revitalizar o Centro do Rio, o Sesc carioca anunciou, nesta terça (27), a reforma completa da antiga sede do Clube Ginástico Português, na Avenida Graça Aranha.

O prédio que atualmente abriga o Teatro Sesc Ginástico foi comprado pelo sistema Fecomércio em 2019 e vai ser transformado em centro de referência de serviços nas áreas de cultura, educação, saúde, lazer e assistência na região central da cidade.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Inaugurado em 1938, o edifício em estilo art déco terá suas características preservadas. Ao todo, serão 12 000 metros quadrados de área construída. A reforma prevê uma praça pública que vai ocupar três andares do prédio. A piscina semi-olímpica, a primeira elevada da América Latina, será reativada.

O espaço ganhará também um mirante com vista privilegiada para a Baía de Guanabara, que servirá de segundo balcão para um cinema ao ar livre que será instalado no local. A ideia é criar intervenções artísticas nas empenas dos prédios vizinhos, e o tradicional restaurante do clube também voltará à ativa.

+ Ludmilla: “Racistas não aceitam que cheguei ao topo”

Continua após a publicidade

O projeto ainda inclui uma biblioteca, galerias para exposições artísticas, salas poliesportivas e clínicas de odontologia. O teatro, com 500 lugares, seguirá com programação regular de música e artes cênicas.

O edifício também contará com um espaço para acolhimento e encaminhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

+ Três esculturas para prestar atenção na mostra Estado Bruto, no MAM Rio

“A reforma atende a uma demanda importante dos cariocas, que é a revitalização do Centro da cidade. Com a oferta de uma ampla gama de serviços do Sesc, esperamos movimentar a região e contribuir com os esforços que a prefeitura vem realizando para atrair moradores para o local, além de proporcionar qualidade de vida à população carioca”, disse Antonio Florencio de Queiroz Junior, presidente do Sistema Fecomércio RJ.

+ Olimpíadas: carioca de 20 anos é a única atleta do Brasil no pentatlo moderno

A obra deve ser concluída no segundo semestre de 2023. Com a nova unidade, o Sesc estima atender 152 000 comerciários ao mês, além da população em geral.

Continua após a publicidade

Publicidade