Continua após publicidade

Afastado do TCE, Domingos Brazão receberá R$ 581 mil de férias acumuladas

Conselheiro que já esteve preso por corrupção vai aumentar a conta bancária em mais de meio milhão de reais de período em que não trabalhou

Por Redação
19 mar 2024, 13h03

No período de 6 anos em que esteve afastado do cargo no Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), por suspeita de corrupção, o conselheiro Domingos Brazão acumulou 420 dias de férias e vai receber R$ 581 mil referentes ao período em que não trabalhou.

+ Golfinhos nadam com canoa havaiana na Praia da Barra; veja vídeo

Brazão chegou a ser preso em 2017, e só retornou ao TCE no ano passado. Pelas regras do tribunal, cada conselheiro tem direito a 60 dias de férias por ano. No período, Brazão recebeu normalmente seu salário de R$ 52 mil.

Compartilhe essa matéria via:

Agora, poderia escolher entre tirar um ano e dois meses de férias ou receber a quantia de R$ 581.400. Brazão escolheu aumentar a conta bancária em mais de meio milhão de reais, de acordo com informação publicada no Diário Oficial.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.