Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Vinoteca Por Marcelo Copello, jornalista e especialista em vinhos Marcelo Copello dá dicas sobre vinhos

Amarones para a Páscoa

 Por Marcelo Copello  Estive recentemente no Veneto e trago rico material sobre Amarones, que publicarei nos próximos dias. Como estamos às vésperas da Páscoa antecipo o melhor deste trabalho. Seguem aqui os Amarones que estão disponíveis no momento no mercado brasileiro, minha avaliação de cada um deles e onde comprá-los (os sites das importadoras muitas […]

Por marcelo Atualizado em 25 fev 2017, 18h11 - Publicado em 30 mar 2015, 19h15

 Por Marcelo Copello

 Estive recentemente no Veneto e trago rico material sobre Amarones, que publicarei nos próximos dias. Como estamos às vésperas da Páscoa antecipo o melhor deste trabalho.

Seguem aqui os Amarones que estão disponíveis no momento no mercado brasileiro, minha avaliação de cada um deles e onde comprá-los (os sites das importadoras muitas oferecem  vendas on-line, para os demais sugiro contato via site para informações sobre onde comprar em em seu estado/cidade). A nível médio desta prova foi alto, mostrando que temos ótimas opções de Amarones à disposição do consumidor brasileiro.

 Amarone Della Valpolicella 2005, Bertani, Veneto-Itália (Casa Flora/Porto a Porto, www.casaflora.com.br, R$ 515 ).

Elaborado com 70% Corvina, 25% Rondinella e 5% Molinara, com 4 meses de “apassimento”, amadurece 5-6 anos em tonéis de carvalho usado esloveno. De um ano mais frio e úmido, que gerou Amarones elegantes e de boa acidez. Cor granada entre clara e escura. Aroma intenso e complexo, com notas balsâmicas, de frutas negras, passas. Paladar seco e estruturado, taninos e acidez firmes, 15% de álcool, menos concentrado que o 2006 provado recentemente, mas encorpado, elegante e muito bem equilibrado.

Nota: 95 pontos

1

 Amarone 2009, Allegrini, Veneto-Itália (Inovini, www.inivini.com.br, R$ 498).

Elaborado com Corvina Veronese 80%, Rondinella 15%, Oseleta 5%, 18 meses em carvalho. Cor rubi muito escura. Aroma bastante complexo, com notas de defumados, madeira, ervas, chocolate amargo, baunilha, ameixa, pimenta, canela, noz moscada, alcaçuz, mineral terroso, café, ervas. Paladar encorpado, maduro e fino, taninos doces, acidez moderada, 15,5% de álcool. Um Amarone moderno e encorpado, pronto desde jovem.

Nota: 94 pontos

Immagini 164

 Amarone I Castei Campo Casalin 2010, Castellani, Veneto-Itália (Decanter, www.decanter.com.br, R$ 293,10).

Elaborado com 75% Corvina Veronese, 20% Rondinella, 5% Molinara, com 30 meses em barricas francesas, parcialmente novas. 2010 é uma safra menos cotada que 2009 ou 2011, mas da qual eu gosto muito, de Amarones de boa acidez, classudos e longevos. Cor rubi escuro e jovial. Aroma complexo, oxidativo (como a maioria dos Amarones), frutas secas, ficos secos, cedro, amoras, cerejas, geléias, frescor erbáceo, madeira nova, tostados. Paladar de bom volume e densidade, com 15,5% de álcool, ainda jovem mas já bem expressivo e prazeroso.

Nota: 94 pontos.

3

 Il Bosco Amarone della Valpolicella 2007, Cesari, Veneto-Itália (Max Brands, mxbrands.com.br, R$ 330).

Elaborado com cerca de 80% Corvina e 20% Rondinella, amadurece por 2 anos, parte em tonés usados de carvalho da eslavônia e parte em barricas francesas. Cor granda escura. Aroma intenso, com notas de cerejas e ameixas bem maduras, frutas secas, couro, tabaco,  maideras,com muitas especiarias, como cravo, baunilha. Paladar concentrado, macio, com 15,5% de álcool, já acessível, mas para longa guarda, de ao menos mais 10 anos. Este Amarone em estilo tradicionale austero é um dos “monovinhedos” da empresa, o outro é o mais moderno Bosan.

Nota: 94 pontos

4

 Amarone Costasera 2009 Masi, Veneto-Itália (Mistral, www.mistral.com.br, US$ 185,90)

Corvina 70%, Rondinella 25%, Molinara 5%, com 24 meses em carvalho, sendo 80% em tonéis grandes e 20% barricas pequenas. 2009 é uma excelente safra, de Amarones, concentrados e frutados, semelhante em estilo a recém lançada 2011. Este está com cor vermelho rubi escura. Aroma rico e maduro, de geléia de cereja, passas, tabaco, café, resina, chocolate amargo. Paladar encorpado e macio, com boa densidade, com 15% de álcool, longo. Este está ainda bastante jovem, deve crescer bastante

Nota: 93 pontos

5

 Amarone della Valpolicella Vigneto Tremenel 2007, Villa Erbice, Veneto-Itália (Premium, www.premiumwines.com.br, R$ 351)

Elaborado com Corvina Grossa, Corvina Gentile, Rondinella e Molinara, com 28 a 32 meses em barricas. Cor rubi-granada escura. Aroma complexo com notas de sottobosco, tabaco, amora e cereja maduras, especiarias, pimenta, noz moscada, chocolate,alcaçuz. Paladar estruturdo, com textura densa emacia, taninos finos, 16% de álcool, elegante e para guarda.

Nota: 93 pontos

Continua após a publicidade

6

 Amarone Vigneto Monte Sant´Urbano 2010, Speri, Veneto-Itália (Viníssimo,  www.vinissimo.com.br,  R$ 442,80

2010 foi um ano de Amarones elegantes, menos volumosos, mas pessoalmente minha safra recente predileta. Elaborado com 70% Corvina, 25%Rondinella e 5% Corvinone Cor rubi violácea escura. Aroma intenso, fresco e complexo, com notas de cereja, ameixa, muitas especiarias, canela, couro, tostados, pimenta, balsâmicos, madeira. Paladar macio, com taninos finos e presentes, boa acidez, longo e elegante, com 15% de álcool. ainda jovem mas já expressivo, para consumo agora ou mais 10-15 anos de guarda

Nota 93 pontos

7

 Amarone Villa Rizzardi 2007, Guerrieri Rizzardi, Veneto-Itália (Vinci, www.vinci.com.br, US$ 169,50).

Elaborado com 49% Rondinella, 25% Corvina, 10% Barbera, 9% Sangiovese e 7% Corvinone, amadurece 48 meses em barricas de carvalho francês e eslovênio. Granada escuro, com aroma complexo, com notas de couro, ameixa passa, notas balsâmicas. Paladar encorpado, denso e macio, com 16% de álcool. O estilo clássico, está pronto, em um bom momento para consumo.

Nota: 91 pontos

8

 Amarone Classico 2010, Tommasi, Veneto-Itália (Interfood, www.todovino.com.br  – R$ 515,90)

Elaborado com Corvina Veronese 50%, Corvinone 15%, Rondinella 30% e Oseleta 5%, amadurece 30 meses em tonéis usados de madeira da eslavônia. Cor granada quase escura. Aroma intenso e complexo, com notas de frutas maduras, ameixa, morango, madeiras, tabaco, baunilha, alcaçuz, balsâmicos, com nota mineral ao fundo. Paladar encorpado, com 15% de álcool, seco, mas com a maciez dos Amarones tradicionais, com taninos finos e presentes, boa acidez. Em estilo clássico, ainda jovem mas já expressivo, para agora ou mais 10 anos de guarda.

Nota: 91 pontos.

9

Amarone Monte del Fra 2007, Tenuta di Mezzo, Veneto-Itália (Domno, www.domno.com.br, R$ 385,00.

De cor granada com reflexos alaranjados. Aroma com notas de evolução, com notas de resinas, cerejas, geléias, especiarias, canela, ervas, café. Paladar encorpado, macio, com 15% de álcool, longo, em estilo tradicional, pronto para beber agora ou para mais 5 anos.

Nota: 91 pontos

10

 Amarone 2008, Musella, Veneto-Itália (Magnum, www.magnumimportadora.com.br  , R$ 320).

2008 uma boa safra, um ano frio, semelhante a 2005, de Amarones elegantes, de acidez firme, longevos. Cor granada escura. Aroma intenso e rico, com muitas especiarias, ervas, nota animal de couro e defumados, ameixa seca, tabaco. Paladar encorpado, seco, taninos aveludados, 16% de álcool .

Nota 90 pontos

11

 Amarone 2011, Domìni Veneti, Veneto-Itália (La Pastina, www.lapastina.com, R$ 210).

Rubi granada quase escuro. Aroma intenso e de boa complexidade, frutado, com notas de ameixas secas, passas, couro, ervas, tabaco, alcaçuz, chocolate. Paladar encorpado, seco e macio, alcoólico, com 15,5% de álcool, taninos porosos, acidez correta, um Amarone de entrada, mais pronto, para ser apreciado mais cedo, embora possa ser guardado cerca de 5 anos.

Nota: 88 pontos.

12

Marcelo Copello (mcopello@bacomultimdia.com.br)

Continua após a publicidade
Publicidade