Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Julia Golldenzon Por Julia Golldenzon, estilista carioca

Olimpíadas de Tóquio: a passarela internacional mais vista deste ano

Libéria, com apenas 5 atletas, promete ter o guarda-roupa esportivo mais fashion

Por Julia Golldenzon Atualizado em 23 jul 2021, 13h23 - Publicado em 23 jul 2021, 13h20

A Olimpíada de Tóquio começa oficialmente hoje (23) e com ela chegam sempre muitas novidades na moda, desde a tecidos com tecnologia de alta performance aos lançamentos das grifes que vestem os atletas. Para quem associa apenas marcas esportivas aos jogos olímpicos, vale lembrar que maisons de luxo também surfam na onda. Afinal, é o assunto do momento no mundo inteiro e as instalações em Tóquio são a passarela internacional mais vista do ano.

 

Esta semana, a francesa Hermès lançou uma linha inspirada nos Jogos de Tóquio, com acessórios inspirados nas cores e na leveza dos materiais. Lenços de seda que remetem às bandeiras, sandálias de salto alto que propõe leveza máxima e cintos que permitem flexibilidade. No vídeo da campanha (assista aqui), atletas e modelos simulam um treinamento de ginástica olímpica. A proposta da coleção cápsula é: “um convite para ser um atleta do dia a dia com elegância e agilidade”.

Se a Hermès pega carona olímpica – sem vestir oficialmente nenhuma delegação – temos na Ralph Lauren a parceria mais sólida entre moda e jogos olímpicos. Desde 2008, a marca veste os atletas dos Estados Unidos. Com materiais sustentáveis, as peças mantêm o estilo clássico preppy, característico do estilista. A inspiração naval está nos agasalhos brancos com gola marinho que remetem a parcas usadas pela Marina norte-americana e lembram também os astronautas. O conhecimento revolucionário deste ano é o sistema patenteado RL Cooling, um dispositivo de controle de temperatura auto-regulável na jaqueta.

Vale prestar atenção aos cinco atletas da Libéria, que, ao que tudo indica, parecem ser os mais fashion da temporada. Quem assina é designer nova-iorquino Telfar Clemens, filho de pais liberianos, que conquistou muitos seguidores para sua marca vegana agênero com a famosa bolsa “Bushwick Birkin”. O guarda-roupa dos cinco atletas tem nada menos que setenta peças criadas a partir dos conceitos de sustentabilidade e neutralidade de gênero, alguns looks lembram super-heróis O estilista vai lançar uma coleção cápsula para venda online. Segundo a revista “Vogue” americana, os uniformes dos atletas liberianos são os mais cool desta Olimpíada.

Quase um século depois de levar o bronze no torneio de duplas nas Olimpíadas de Paris, a marca Lacoste está de volta aos Jogos, representando a França. Os atletas vão exibir o famoso jacaré nas roupas, que também traz inspiração náutica, com o azul royal da bandeira francesa dando lugar ao marinho, e casacos impermeáveis oversized 7/8 vermelhos que remetem a parcas de navegação.

A medalha de originalidade está com o Canadá. Os uniformes dos atletas misturam o streetwear e o grafite, numa parceria da marca Hudson Bay com a Levi’s. Jaquetas jeans customizadas que homenageiam tanto o Canadá quanto a cidade-sede dos Jogos Olímpicos têm tudo para ser hit de vendas. Segundo o comunicado, os uniformes canadenses “festejam a inclusão e a neutralidade de gênero ao mesmo tempo que captura um sentimento jovem e de comemoração”.

A delegação do Brasil desta vez estará vestida pela empresa chinesa Peak Sports, patrocinadora, que desenvolveu os uniformes das competições. As peças, em vez de terem tecidos sustentáveis, como têm sido recomendáveis especialmente em eventos com esta visibilidade, são em fibras 100% poliéster. As cores da bandeira estão presentes, mas não há muita inovação em estilo. O destaque nos uniformes brasileiros ficaram por conta dos trajes sociais, usados no desfile de abertura, e assinados pela marca carioca Wöllner. O look foi usado hoje (23) por Bruno Rezende (vôlei) e Katleyn Quadros (judô) na cerimônia que inaugurou os jogos. Elegante e bem brasileiro, o traje misturava camisa social (de manga curta e de manga longa) em estampa tropical com bermudas de sarja no tom cru para os rapazes e vestidos com estampa tropical para as meninas. E o toque brasileiríssimo ficou por conta do styling com sandálias Havaianas nos pés no melhor carioca way of life

 

Continua após a publicidade
Publicidade