Clique e assine por apenas 4,90/mês
Cervejinha Por Blog Da produção aos estilos, tudo que você precisa saber sobre o universo das cervejas especiais, por Carolina Barbosa

Pesquisa lista cidades no mundo com cervejas mais baratas

Ranking, elaborado pelo buscador de viagens Skyscanner, leva em conta os 23 destinos mais procurados pelos brasileiros, mas inclui o Rio, em 12º lugar

Por Carolina Barbosa - Atualizado em 10 out 2017, 15h36 - Publicado em 10 out 2017, 15h27

No mês em que a cerveja ganha uma de suas principais celebrações, a Oktoberfest, o Skyscanner, buscador global de viagens, fez um levantamento no qual compara os preços das bebidas mais populares de cada região em 23 países, gerando então um ranking.

O estudo leva em consideração ainda os destinos internacionais mais procurados na plataforma pelos brasileiros para viagens internacionais. Mas inclui o Rio, é claro, que ficou em 12º lugar na lista (afinal, é alvo de interesse de muitos outros brasileiros).

Abaixo, confira o resultado do levantamento em diversos lugares mundo afora.

1) Hanói, Vietnã
Por lá, apareceu a cerveja mais barata dentre os países selecionados pelo buscador. Embora o custo-benefício por lá seja considerado bom, o  chope Bia hoi, servido em botequins locais, lidera: pode ser comprada pelo equivalente a R$ 1,20 (500 mililitros). Como nos pontos turísticos, o líquido costuma ser mais caro, a dica é sentar na Bia Corner e degustar uma tradicional Bia Hoi Ha Noi, leve e com apenas 3% de teor alcoólico.

2) Praga, República Tcheca
No país em que 143 litros de cerveja são consumidos por habitante anualmente, o preço é convidativo. Em território tcheco, não deixe de provar a popular Pilsner Urquell, cuja lata de 500 mililitros sai por cerca de R$ 2,36. Considerada a primeira cerveja pilsen do mundo, é um exemplar de 4,4% de álcool, amargor fino e notas florais oriundas do lúpulo Saaz.

3) Madri, Espanha
Para acompanhar as tapas locais, uma sugestão é a Estrella Galícia (não confundir com a Estrella Damm, mais comum em Barcelona). Além dela, uma das cervejas mais populares na Espanha é a Cruzcampo, (valor médio de R$ 3), bem mais leve, mas com pouca drinkability.

4) Berlim, Alemanha

Na Alemanha, a bebida é consumida nos biergartens Gustavsommer/Pixabay/Divulgação

Na capital alemã, exemplares da  Erdinger, Schweiger e a clássica Paulaner são encontradas em supermercados por preços entre R$ 3 e R$ 3,50.

5) Moscou, Rússia
Sede da Copa do Mundo em 2018, o local dispõe de bons exemplares, além da famosa vodca.  Os estilos da Baltika (cada variedade corresponde a um número), custam cerca de R$ 3,50 (500 mililitros).

6) Barcelona, Espanha
Patrocinadora do time Barcelona e recorrente em qualquer mesa de bar, a Estrella Damm costuma valer a pena ser comprada em supermercado, onde custa em torno de R$ 3,60. Mas a dica é comprar e beber em casa, afinal, por lá é proibido consumi-la nas ruas.

7) Lisboa, Portugal
Superbock e Sagres podem ser encontradas por R$ 3,70 no supermercado.

8) Cidade do México, México
Nem só de tequila vive o país. Além da popular Corona, é possível encontrar a tradicional Victoria ou, mais encorpada e saborosa, a cerveja Índio. Em lugares mais em conta, custam em média R$ 3,70.

9) Amsterdã, Holanda
O local sedia a famosa Heineken, que mantém um museu com direito a degustação da bebida ao fim da experiência. Outras cervejas especiais, a exemplo da Amstel e da Bavaria (não confundir com o rótulo brasileiro), também são comuns por lá, à venda por cerca de R$ 4 no supermercado.

10) Santiago, Chile
Lá, a Cristal, uma cerveja lager, custa em torno de R$ 4.

Continua após a publicidade

11) Cidade do Cabo, África do Sul
Além dos vinhos, a cidade concentra exemplares  produzidos à base de água, malte, lúpulo e levedura como a Castle Lager, fabricada desde 1895, e a premiada Carling Black Label. Os preços variam entre R$ 4 e R$ 4,50.

12) Rio de Janeiro, Brasil
Aqui no Brasil, onde o consumo médio anual é de 67 litros per capita, podemos considerar as cervejas Skol, Kaiser, Brahma e Antarctica como as mais comuns e famosas pelo custo-benefício, com preços que variam de R$ 5 a R$ 6 (garrafas em supermercados).

13) Bruxelas, Bélgica

As american lager Jupiler (da Brasserie Piedboeuf) e Stella Artois custam aproximadamente R$ 6 no reduto que concentra ótimas cervejas especiais e artesanais.

14) Banguecoque, Tailândia
Chang (mais alcoólica e mais em conta), Singha 9considerada mais refrescante) e Leo (a mais cara) integram a lista das mais pedidas. Com R$ 6 consegue-se comprar qualquer uma delas.

15) Buenos Aires, Argentina
No restaurante você comprar a queridinha Quilmes por R$ 8,15, aproximadamente, e no supermercado é possível encontrar por menos de R$ 6.

16) Orlando, Estados Unidos
Budweiser ou a Bud Light (versão mais leve da anterior) custam cerca de R$ 7,50 (500 mililitros) por lá, onde também se consome bastante rótulos como Corona Extra e Dos Equis.

17) Paris, França
Com preço razoável, sobretudo se comprada no supermercado, a Kronenbourg 1664 sai por cerca de R$ 7,60.

18) Londres, Inglaterra
No lugar de pints preenchidos com estilos como porter, india pale ale e stout, a popular Carling (american lager) é uma das mais acessíveis (cerca de R$ 7).

19) Nova York, Estados Unidos
No supermercado, os rótulos da Brooklyn (com fábrica dotada de visitação e bar) custam em torno de R$ 8, e nos bares e restaurantes, chega a R$ 20.

20) Dublin, Irlanda
Guinness, Murphys e a Harp também estão à venda pela faixa de R$ 9 e R$ 9,50 em supermercados locais.

21) Miami, Estados Unidos
Em Miami, a Budweiser ou a Bud Light saem por cerca de R$ 16, mas nos mercados estão anunciadas nas prateleiras por R$ 9.

22) Tóquio, Japão
No destino olímpico de 2020, Asahi e Kirin Lager Beer, apreciadas pelos locais, custam pouco mais de R$ 9.

23) Sidney, Austrália
Considerada a cidade mais cara do ranking no quesito cerveja, em Sidney, segundo o levantamento, pagam-se R$ 13 por uma cerveja comum. A popular Victoria Bitter, às vezes, custa um pouco menos.

O infográfico produzido a partir do levantamento: ranking dos destinos com o líquido mais em conta Skyscanner/Divulgação

*Os valores  foram pesquisados no site Numbeo.com e verificados em 2 de outubro de 2017.

Continua após a publicidade
Publicidade