Clique e assine por apenas 7,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Cariocas entram na briga pelo bombante Réveillon do Nordeste

Donos da festa Esbórnia assumem a virada de São Miguel do Gostoso neste ano e querem causar. Cercadinho VIP? Nem pensar, está fora de moda

Por Daniela Pessoa - Atualizado em 6 jul 2018, 13h49 - Publicado em 6 jul 2018, 13h48

Os cariocas Daniela Rosa, Felipe Ramalho e Paula Plass, da agência Lorde, que produz agitos concorridos como a Esbórnia, são os novos sócios do Réveillon de São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte. O desafio: transformar a festa da virada, que já é um sucesso local há dois anos, em uma das mais importantes da cena nacional. “Existem muitos réveillons bons no Nordeste, como em Noronha, Trancoso e Milagres. Mas nós estamos no páreo”, afirma Ramalho, confiante. Nem atrações de peso como Ivete Sangalo e Anitta, na virada de Jericoacoara, no Ceará, intimidam o trio. Ramalho ainda anuncia: “Na nossa festa não vai ter área vip nem exclusividade para ninguém. Os camarotes estão cada vez mais fora de moda”. Se em 2017 a maior atração musical de Gostoso foi Bel Marques, neste ano vai ter Wesley Safadão, Matheus & Kauan e o DJ holandês Sam Feldt.

Publicidade