Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Beco do Becoza Por Juarez Becoza, repórter de gastronomia popular e caçador de botequins

Porco Amigo abraça o mundo com pratos dos cinco continentes

Bar em Botafogo especializado em suínos celebra aniversário lançando o projeto Porco pelo Mundo: um rodízio de cardápios típicos de diferentes países

Por Beco do Becoza Atualizado em 22 set 2020, 18h18 - Publicado em 22 set 2020, 18h13

Nesses tempos em que muita gente anda com medo de andar até a quitanda da esquina, pode um convite para dar uma volta pelo mundo soar como uma boa ideia? Nas panelas e na imaginação de um botequim em Botafogo que comemora dois anos de vida esta semana, pode.

Por si só, o bar Porco Amigo já tem um instinto naturalmente internacional. É especializado em carne suína. Sim, caro leitor: todos os pratos do cardápio são à base ou levam porco na receita. Parece exótico? Incomum? Pois saiba que, apesar de todo o preconceito e restrições religiosas que ainda pairam em torno dele em diversos países, o porco é disparado a proteína animal mais consumida no mundo. Nem a peste suína africana, que acometeu diversos países produtores entre 2018 e 2019, tirou-lhe esse posto. Ou seja: o porco reina nas mesas de grande parte do planeta. Mas aqui no Brasil, apesar de extremamente popular nas nossas casas, a ideia de um bar ou restaurante especializado exclusivamente nessa carne ainda soa, para muita gente, uma experiência inusitada. A paulistana Casa do Porco, com suas filas gigantescas que começam às 11h30 da manhã, que o diga…

Pois foi pensando em todo esse potencial porquítico que o chef Nery Owczarzak e o empresário Eduardo Gomes, sócios do Porco Amigo, tiveram a ideia do projeto “Porco ao Redor do Mundo”: um rodízio quinzenal de cardápios inspirados nas receitas à base de porco feitas tradicionalmente pelos quatro cantos do planeta. Tudo oferecido in loco, nas mesas do bar, ou pelo serviço de delivery, que ali  tem crescido deveras por causa da pandemia.

Reprodução/Divulgação

Como essa coisa de misturar bar com viagem pelo mundo é um negócio que muito me interessa,  empolguei-me para visitar o Porco Amigo assim que soube da novidade. E o fiz duas vezes nas duas últimas semanas. Quando lá estive pela primeira vez, a rodada era asiática. No cardápio, lembranças pra lá de afetivas para quem, como eu, reconhece no sudeste asiático a melhor gastronomia popular do mundo. Foi uma festa de harumakis de joelho de porco e de matambre (feito na casa!), seguidos de tonkatsu (costeleta de porco empanada, com molho de ostra e outras especiarias) e um memorável yakisoba de porco. Uma belíssima viagem. Daquelas em que, em vez de apertar, a gente afrouxa o cinto.

Continua após a publicidade

Depois voltei lá por esses dias. Nesta semana e na próxima, o Porco Amigo está viajando pela Europa. Canela de porco com chucrute é uma das excelentes opções, assim como o calzone de porco. Mas o que mais me chamou a atenção das papilas gustativas foi a paella de porco: um licença poética que o chef Nery se permitiu, inspirado pelos mais de oito anos que passou como chef executivo do espanhol Venga!.

A ideia do bar é que essa itinerância porquítica se renove a cada 15 dias. Acho pouco. Quase um desperdício de criatividade e insumos. Uma boa viagem pelo mundo deve ser degustada lentamente, sem pressa. Quem sabe um continente por mês? Fica a sugestão.

Juarez Becoza/Arquivo pessoal

O próximo destino do Porco Amigo, confidenciaram-me os donos, é a África. Será que uma feijoada nos espera? Ou essa deixarão para quando o porco voltar ao Brasil? Cá não sei. Só indo lá dar com os costados para conferir. Ah! E enquanto escolhe seu prato, não esqueça de checar a carta de cachaça, criada pelo especialista Sergio Rabello, do Galeto Sat´s, e pedir a grande unanimidade da casa: a porqueta. Esse croquete de porco figura no cardápio desde a inauguração, e não está rotulado em nenhum país ou continente. É que esse é universal de bom.

O bar Porco Amigo fica na Rua São Manuel, 43, Botafogo. Abre de terça a domingo, a paertir do meio-dia. Fazem delivery pelo Ifood e pelo Delivery Direto: http://www.deliverydireto.com.br/porcoamigobar. O tempo de espera costuma de ser de uma hora a uma hora e meia.

Continua após a publicidade

Publicidade