Clique e assine por apenas 4,90/mês

Rodrigo Hilbert tem processo arquivado pela Justiça

Apresentador era acusado de maus-tratos aos animais por exibir a morte de um filhote de ovelha em seu programa no GNT

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 14 ago 2020, 19h33 - Publicado em 14 ago 2020, 07h06

Encerrado um caso que deu o que falar nas redes sociais: a Justiça decidiu arquivar o processo em que Rodrigo Hilbert era acusado de maus-tratos a animais durante um episódio do programa Tempero de Família, no GNT. a denúncia apresentada pelo ministério Público Federal se baseou em cenas exibidas em 2016, nas quais Hilbert assava um filhote de ovelha que teria sido morto de forma “bárbara, tosca e impiedosa”.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Segundo o MPF, Anastácio Batista, funcionário de uma fazenda de Santa Catarina, “com o conluio do apresentador”, aplicou no animal “cruel golpe de faca, para cozinhar posteriormente sua carne”. O advogado de Hilbert, Michel Assef Filho, argumentou que as cenas “podem ser fortes”, mas mostravam a realidade dos produtores rurais catarinenses. “Faz-se assim para que o animal sofra menos. É a forma menos cruel”, garante.

Denilson Baniwa: a arte indígena ganha o mundo

Juliana Paes e o fim da ditadura dos cabelos lisos

Jéssica Ellen: vem aí o segundo CD da atriz de Amor de Mãe

Peçanha, o PM pouco ético do ‘Porta dos Fundos’, vira estrela de cinema

 

Continua após a publicidade
Publicidade