Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mania de Peitão pode custar caro a Seu Jorge: 500 000 reais

Cantor e compositor foi condenado a pagar indenização à família de Mario Lago pelo uso indevido de trechos de “Ai que saudade da Amélia” em música própria

Por Da Redação 31 Maio 2021, 12h40

Uma briga que se arrasta na Justiça desde 2007 na Justiça teve mais um round finalizado nesta sexta (28), quando Seu Jorge, a Universal Music e a produtora Cafuné foram condenados a pagar R$ 500 mil de indenização aos herdeiros do compositor Mário Lago.

Morre aos 79 anos o cantor Dominguinhos do Estácio

O processo corre na 29ª Vara Cível do Rio e a indenização se refere à canção Mania de Peitão, lançada em 2004 pelo cantor, que incluiu em sua composição trechos da música “Ai que saudades da Amélia”, de Lago. Ele já tinha sido condenado por este motivo, em 2019, mas a sentença foi anulada em março deste ano e passou por um novo julgamento.

Coronavírus: Paulo Gustavo é homenageado em manifestações contra Bolsonaro

Mania de Peitão aparece no álbum Cru e nos DVDs Seu Jorge e Live in Montreux. O cantor, a gravadora e a produtora também foram condenados a pagar 50% dos direitos autorais da música arrecadados entre 2004 e 2006. Cabe recurso.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

 

Continua após a publicidade
Publicidade