Clique e assine por apenas 3,90/mês

‘Ela tá me querendo’: cantor é processado por vídeo sem autorização

Adolescente de 14 anos almoçava com a avó em Portugal quando Gusttavo Lima pediu que a filmassem e disse ser alvo de investidas da menina; decisão é do TJRJ

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 30 set 2020, 11h34 - Publicado em 30 set 2020, 11h33

O cantor Gusttavo Lima terá de pagar indenização de 20 mil reais a uma jovem que se sentiu ofendida por ter sua imagem captada e divulgada, sem autorização, em um vídeo do artista.

Barraco no Leblon: ‘Eu filmava e pensava: Surreal!’, diz autora de vídeo

De acordo com o processo, a moça, que tinha 14 anos à época, almoçava com a avó em um restaurante em Portugal, quando o cantor gravou um vídeo dizendo: “Aquela menina tá me olhando, acho que ela tá me querendo! Filma ela! filma ali!”. As imagens fazem parte do vídeo “Making of in Tour Portugal/ Espanha- Gusttavo Lima”. A decisão é da 9ª Câmara Cível do Rio.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade